Paramount cancela mais duas estreias de cinema previstas para as próximas semanas

Poucas horas depois de anunciar o adiamento da estreia de “Um Lugar Silencioso – Parte II” por tempo indeterminado, a Paramount tirou mais dois filmes do calendário devido à pandemia de coronavírus: “The Lovebirds” e “Blue Story”.

Previamente agendado para 20 de março em circuito limitado nos EUA, “Blue Story” é uma adaptação de baixo orçamento da série homônima de Rapman no YouTube sobre dois jovens amigos que se tornam rivais em uma guerra de rua. E “The Lovebirds” é uma comédia estrelada por Issa Rae (“Insecure”) e Kumail Nanjiani (“Silicon Valley”), cujo lançamento estava marcado para 3 de abril na América do Norte.

Assim como “Um Lugar Silencioso – Parte II”, nenhum dos dois filmes recebeu nova previsão de estreia. Eles não tinham lançamento agendado no Brasil.

Embora os cinemas permaneçam abertos nos EUA, há uma expectativa crescente de que eles serão fechados a qualquer momento, após o governo da Califórnia proibir, na quarta-feira (11/9), que eventos com mais de 250 pessoas sejam realizados no estado.

Uma das primeiras medidas anunciadas pela China, durante o início do surto viral, foi o fechamento de todos os cinemas. A Itália seguiu a orientação, ordenando o fechamento de cinemas nas regiões mais afetadas pela pandemia, assim como a Coréia do Sul e a França.

Os estúdios estão se antecipando a um possível anúncio do governo americano, em meio à crescente crise global.

O primeiro filme adiado foi “007 – Sem Tempo Para Morrer”, que foi empurrado para o mês de novembro, seguido na quarta por “Pedro Coelho 2: O Fugitivo”, remarcado para agosto. Há poucos minutos, “Um Lugar Silencioso – Parte II” perdeu sua previsão de estreia e “Velozes e Furiosos 9” escapou para 2021.

Até filmes brasileiros começaram a ser remarcados. Os dois filmes sobre o crime de Suzane von Richthofen, “A Menina que Matou os Pais” e “O Menino que Matou Meus Pais”, que chegariam aos cinemas na próxima quinta-feira (19/3) agora não tem mais previsão de estreia. Apesar disso, a distribuidora espera que eles entrem em cartaz ainda em 2020.