Retrospectiva: As 50 melhores séries de 2018


A lista das melhores séries de 2018 é dominada por produções de streaming, principalmente da Netflix. E não é surpresa. Trata-se da plataforma que mais produz séries no mundo. Tamanha quantidade tem levado, inclusive, a cancelamentos precoces. Não por acaso, até séries que tiveram suas produções interrompidas pela gigante do streaming acabaram entrando na seleção abaixo.

Mas não é só quantidade. Outro fator que valoriza as atrações da Netflix, Amazon Prime Video, Crackle, YouTube Premium e Facebook Watch é seu alcance internacional. As séries desses serviços chegam no mundo inteiro de forma simultânea.

Este é um dos desafios que ainda enfrentam Hulu e CBS All Access, por exemplo. Por conta da falta de distribuição, a incensada “The Handmaid’s Tale” só chegou por aqui após quase um ano de atraso numa negociação com um canal pago.

Não bastasse a acessibilidade, Netflix e Amazon também desbravam fronteiras para garimpar programas do mercado internacional. Séries de impacto local, como “La Casa de Papel”, acabam se tornando fenômenos mundiais ao chegar ao streaming. E a ambição desses serviços ainda gera investimento em novas produções exclusivas globais.

Sinal do quanto essa tendência ficou forte é que até a Globo entrou no streaming, dando maior atenção ao Globoplay, tanto no fomento de conteúdo exclusivo quanto na distribuição de séries estrangeiras.

Essa mudança de paradigma fez com que, pela primeira vez, a maioria das séries que se destacaram nos Estados Unidos em 2018 puderam ser acompanhadas sem muito atraso no Brasil.

O resultado reflete-se na lista das 50 melhores séries e minisséries do ano.

Organizada em ordem alfabética e levando em conta apenas programas disponibilizados no Brasil, a relação inclui links que trazem mais informações sobre cada produção – basta clicar nos títulos das atrações para saber mais sobre elas.

A Very English Scandal


– Amazon Prime Video

Altered Carbon


– Netflix

Atlanta


– Fox Premium

Babylon Berlin


– Netflix

Barry


– HBO

Better Call Saul


– Netflix

Big Mouth


– Netflix

Billions


– Netflix

Black Mirror


– Netflix

Bodyguard


(Segurança em Jogo) – Netflix

Brooklyn Nine-Nine


– TBS

Cobra Kai


– YouTube Premium

Counterpart


– TNT Series

Daredevil


(Demolidor) – Netflix

Derry Girls


– Netflix

Glow


– Netflix

Homecoming


– Amazon Prime Video

Ilha de Ferro


– Globoplay

Jack Ryan


– Amazon Prime Video

Killing Eve


– Globoplay

La Casa de Papel


– Netflix

Legends of Tomorrow


– Warner

Maniac


– Netflix


My Brilliant Friend


(A Amiga Genial) – HBO

Narcos: México


– Netflix

Ozark


– Netflix

Pose


– Fox Premium

Sharp Objects


(Objetos Cortantes) – HBO

Sally4Ever


– HBO

Samantha!


– Netflix

Sorry for Your Loss


– Facebook Watch Watch

Succession


– HBO

The Americans


– Fox Premium

The Assassination of Gianne Versace


– FX

The Deuce


– HBO

The End of the F***ing World


– Netflix

The Good Fight


– Amazon Prime Video

The Good Place


– Netflix

The Handmaid’s Tale


– Paramount

The Haunting Of Hill House


(A Maldição da Casa Hill) – Netflix

The Last Kingdom


– Netflix

The Marvelous Mrs. Maisel


(A Maravilhosa Sra. Maisel) – Amazon Prime Video

The Oath


– Crackle

The Terror


– AMC

The 100


– Warner

Travelers


– Netflix

Trust


– Fox Premium

Westworld

– HBO

Wynonna Earp


– Netflix

You


(Você) – Netflix



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings