Twitter/Ava DuVernay

Ava DuVernay assume chateação por cancelamento dos “Novos Deuses”

O cancelamento do filme dos “Novos Deuses”, anunciado pela Warner na quinta feira (1/4), deixou muitos fãs dos quadrinhos da DC Comics aborrecidos. Mas a decisão incomodou principalmente os responsáveis pelo projeto. Pelo Twitter, Ava DuVernay e Tom King deixaram claro a contrariedade, lamentando a desistência do estúdio.

Em conversa com o roteirista nas redes sociais, a cineasta Ava DuVernay (“Selma”) desabafou: “Tom, eu amei escrever ‘Novos Deuses’ com você. Estou chateada pela saga de Barda, Scott, Vovó Bondade, Pai Celestial e as Fúrias acabar deste jeito. Mergulhar no Quarto Mundo de [Jack] Kirby foi a aventura da minha vida. Isso não pode ser tirado de nós. Obrigada por sua amizade. E lembre-se… Darkseid é”.

Tom King respondeu: “Ava! Estou incrivelmente orgulhoso do trabalho que fizemos, foi uma alegria enorme te ver trazer sua paixão e talento para esses personagens. Eu realmente senti que o legado de Kirby estava sendo honrado e queria que pudéssemos continuar. Aquela cena em que Barda e Scott… Droga”.

Em desenvolvimento desde março de 2018, “Novos Deuses” (New Gods) era um projeto dos sonhos da diretora Ava DuVernay e contaria a história de Darkseid, o vilão da versão de “Liga da Justiça de Zack Snyder”. Ela chegou a confirmar Darkseid e as Fúrias Femininas como vilões do filme há dois anos, destacando a participação de Big Barda e o Senhor Milagre como os heróis da trama. A saga interplanetária criada por Jack Kirby em 1970 estava sendo adaptada por Tom King, que escreveu uma minissérie premiada do Senhor Milagre em 2017.

Além de cancelar “Novos Deuses”, a Warner também anunciou o abandono do spin-off de “Aquaman” centrado nas criaturas do Fosso. Concebido em fevereiro de 2019, “O Fosso” (The Trench) seria focado nas criaturas que atacaram Aquaman e Mera no final do longa de US$ 1,1 bilhão de bilheteria mundial. A produção estava a cargo de James Wan, o diretor de “Aquaman”, e seu parceiro Peter Safran. Teria clima de terror, explorando melhor a história dos personagens introduzidos em “As Profundezas”, arco do herói publicado em 2011 com ilustrações dos brasileiros Ivan Reis e Felipe Prado.

Ava DuVernay está atualmente trabalhando em duas séries derivadas de quadrinhos da DC, a minissérie “DMZ” para a HBO Max e o piloto de “Naomi” para a rede The CW. Enquanto isso, James Wan prepara “Aquaman 2”, que tem previsão de estreia para dezembro de 2022.