Semana marca início de meses sem estreias de cinema

Pela primeira vez, a semana não trará novos filmes aos cinemas brasileiros. Como precaução contra a pandemia do coronavírus, as distribuidoras cancelaram todas as estreias previstas para esta quinta-feira (19/3).

Embora ainda existam salas abertas, especialmente em shoppings, alguns locais, como Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Campo Grande já fecharam seus cinemas. Além disso, algumas empresas optaram por se antecipar às decisões dos governos estaduais, baixando as portas por conta própria.

Em São Paulo, o Espaço Itaú de Cinema, Petra Belas Artes e Cinesala anunciaram na segunda (16/3) a decisão de suspender suas atividades por tempo indeterminado.

Já as grandes redes, como UCI, Cinepólis e Cinemark dizem seguir as orientações da Feneec (Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas), que não preveem alterações e restrições no funcionamento das salas. O Feneec pede que os governos estatuais tomem suas decisões. Mas, sem lançamentos, as salas devem ter pouca lotação e diminuir o perigo de contaminação por coronavírus.

Entre os títulos que chegariam às telas nesta quinta estava “Um Lugar Silencioso – Parte 2”, sequência do terror que surpreendeu nas bilheterias em 2018. A suspensão da estreia foi uma decisão mundial do estúdio Paramount, que vale para todos os países.

Mas até produções nacionais tiveram suas exibições adiadas.

Originalmente previsto para esta quinta, o filme “Três Verões”, que rendeu a Regina Casé o prêmio de Melhor Atriz no Festival do Rio, foi adiado indefinidamente, assim como os lançamentos de “A Menina que Matou os Pais” e “O Menino que Matou Meus Pais”, sessão dupla sobre o crime de Suzane von Richthofen, que deveria chegar às telas no próximo fim de semana.

Por sinal, as próximas semanas devem ser iguais, sem lançamentos, até a crise de saúde entrar em curva descendente – o que vai demorar meses. Considerando as projeções apresentadas pelo Ministério da Saúde, a normalização só deve acontecer na primavera, se nenhuma surpresa desagradável acontecer.