Supergirl vai encontrar Mon-El e Miss Marte na 2ª temporada

 

Supergirl vai encontrar novos super-heróis na 2ª temporada de sua série. E não apenas os já estabelecidos no universo televisivo da DC Comics. Dois personagens inéditos vão aparecer em seus episódios. Um deles já era, inclusive, especulado pelos fãs.

Durante a participação da rede CW no evento da TCA (Associação de Críticos de TV dos EUA), os produtores de “Supergirl” confirmaram que o personagem misterioso interpretado por Chris Wood (das séries “The Vampire Diaries” e “Containment”) será mesmo Mon-El. Mas, além dele, a Garota de Aço também vai cruzar o caminho de Miss Marte, que será vivida por Sharon Leal (série “Grimm”).

Mon-El vai surgir no episódio inicial da nova temporada, como a pessoa que estava dentro da nave que Kara (Melissa Benoist) encontrou no instante final da 1ª temporada.

O personagem surgiu em 1961 para uma aparição única na revista do Superboy, mas fez tanto sucesso que se tornou recorrente, até sua história trágica ganhar um final feliz. Originalmente, ele chegava a Terra sem memórias e, por ter os mesmos poderes, acabava confundido com um kryptoniano por Superboy. Feliz por ter encontrado um amigo poderoso de sua idade, o jovem Clark Kent foi quem batizou o desconhecido de Mon-El, adotando-o como primo e compartilhando seu sobrenome kryptoniano (Kal-El), mas a alegria dura pouco, pois o alienígena se mostra imune à kryptonita. Achando que estava sendo enganado por algum inimigo ardiloso, Superboy decide desmascarar o farsante colocando-o diante de kryptonita para ver sua reação. O problema é que, para se proteger da radiação venenosa, o herói usa uma caixa de chumbo. E Mon-El, na verdade, vinha do planeta Daxam, cujos habitantes eram vulneráveis ao chumbo, substância que acaba envenenando o jovem. Diante de sua morte certa, Superboy recorre à única solução que consegue imaginar: enviá-lo para a Zona Fantasma, onde os piores criminosos de Krypton ainda viviam, de forma incorpórea, enquanto se dedicaria a encontrar uma cura para resgatá-lo. Isto, porém, só aconteceria mil anos depois, no século 30, quando Mon-El foi finalmente curado por Brianiac 5 e convidado a integrar a Legião dos Super-Heróis.

Toda essa história riquíssima acabou revista após “Crise nas Infinitas Terras”, o primeiro reboot generalizado da DC Comics, em 1985, que eliminou a existência de Superboy dos quadrinhos. Isto gerou uma reação em série e pelo menos quatro reboots do personagem, até que, recentemente, ele ganhou uma nova origem, basicamente similar à original.

Vale observar que Supergirl já enfrentou Indigo, bisneta de Brainiac 5, na 1ª temporada. Além disso, ela própria se tornou uma integrante da Legião dos Super-Heróis nos quadrinhos. O detalhe que falta nessa transposição é a Zona Fantasma, já que, na série, os criminosos kryptonianos estavam numa prisão espacial, chamada de Fort Rozz.

Miss Marte, por sua vez, é uma marciana branca, chamada M’gann M’orzz. Supergirl já encontrou uma marciana branca vilã. A raça exterminou os marcianos verdes, dos quais J’onn J’onzz (David Harewood), o Caçador de Marte, é o último sobrevivente. Mas Megan, como se identifica na Terra, tenta ser diferente. Ela fugiu de Marte para escapar da guerra civil e, ao chegar à Terra, chegou a se passar por uma marciana verde. Forjando sua identidade, ela acabou entrando nos Jovens Titãs, onde, após uma breve crise de confiança, foi finalmente aceita como marciana branca.

A personagem é bem diferente de sua intérprete. Sharon Leal é uma atriz negra de 43 anos, enquanto a identidade terrestre de Miss Marte, Megan Morse, é uma adolescente ruiva, que na série animada “Young Justice” chamava atenção por ser bastante infantil – e apaixonada por Superboy (o novo Superboy, que não é a versão jovem de Superman).

Aparentemente, o produtor Greg Berlanti determina que todos os personagens ruivos dos quadrinhos devam ser interpretados por atores negros na TV – como Jimmy Olsen, Iris Allen e Wally West, por exemplo. A mudança etária da personagem também a posiciona para viver um interesse romântico do Caçador de Marte, algo que nunca aconteceu nos quadrinhos. E elimina a possibilidade de sua participação num possível spin-off centrado nos Jovens Titãs ou na Justiça Jovem – lembrando que Kid Flash e Arsenal já fazem parte do universo televisivo da DC, e Artemis será introduzida na nova temporada de “Arrow”. Santa chance desperdiçada, Batman!

Mon-El e Miss Marte vão se juntar às novidades anteriormente anunciadas, que incluem Superman (Tyler Hoechlin, de “Teen Wolf”) Lena Luthor (Katie McGrath, de “Dracula”), Maggie Sawyer (Floriana Lima, de “The Family”), Snapper Carr (Ian Gomez, de “Cougar Town”), e a Presidente dos EUA (Lynda Carter, a “Mulher Maravilha”). Descontando a Presidente não identificada, desta lista apenas Superman mantém suas características dos quadrinhos. Todos os demais personagens serão interpretados por atores de características físicas bastante diversas das originalmente mostradas nas publicações da DC Comics.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings