Atriz da série Mulher Maravilha será presidente dos EUA na 2ª temporada de Supergirl

A série “Supergirl” vai ganhar mais uma intérprete de super-heroína clássica em seu elenco: ninguém menos que Lynda Carter, que estrelou a série “Mulher-Maravilha” nos anos 1970. Ela viverá a presidente dos Estados Unidos na atração.

A extensão do retorno de Carter ao universo da DC Comics, 40 anos após a estreia de “Mulher-Maravilha” (1976-78), ainda está sendo mantida em sigilo. Mas o produtor Greg Berlanti contou ao site TVLine que tinha tentado uma participação da atriz na 1ª temporada da série, mas acabou desistindo por conflitos de agenda. Segundo ele, esta foi sua “maior decepção da temporada”, mas agora isso será consertado.

Além de Lynda Carter, a série conta com Helen Slater, que estrelou o filme “Supergirl” (1984), e Dean Cain, protagonista de “Lois e Clark – As Novas Aventuras do Superman” (1993-97) como pais adotivos de Kara Danvers/Supergirl, papel de Melissa Benoist. Além disso, a 1ª temporada ainda trouxe Laura Vandervoort (a Supergirl de “Smallville”) num arco como a vilã Indigo.

A 2ª temporada de “Supergirl” estreia no dia 24 de outubro na rede americana CW. No Brasil, a série é exibida pelo canal Warner.