Instagram/Britney Spears

Britney Spears diz que está “nas nuvens” com final da tutela

Britney Spears passou o fim de semana comemorando o final de sua tutela de 13 anos. Em um post publicado em seu Instagram, ela se disse “nas nuvens” e revelou que até tomou champanhe, quebrando uma sobriedade de mais de uma década.

“Que fim de semana incrível”, Spears escreveu na tarde de segunda-feira (15/11). “Eu me senti como se estivesse nas nuvens o tempo todo. Na verdade, tomei minha primeira taça de champanhe no restaurante mais lindo que já vi na noite passada”.

A cantora, que completará 40 anos no dia 2 de dezembro, disse que planeja passar dois meses celebrando não apenas sua liberdade, mas também seu aniversário. E fez questão de agradecer especialmente seu advogado, Mathew Rosengart, que “realmente mudou minha vida”. “Serei eternamente grata por isso. ”

Spears também destacou seus fãs, escrevendo: “Que visão ver tantas pessoas celebrando minha vitória… Eu amo tanto meus fãs… então, obrigada”.

Rosengart tornou-se advogado de Britney há apenas quatro meses e realmente mudou tudo na vida da cantora.

Antes dele, o caso de Britney era tocado por um defensor indicado pela própria corte no início do processo, há 13 anos, que nunca conseguiu fazer valer qualquer pedido da artista. Reclamando da falta de empenho e pouco caso em seu processo, ela chegou a chorar para convencer a juíza responsável a lhe dar o direito de escolher o próprio advogado.

Ao assumir o caso, Rosengart foi claro no objetivo de retirar o pai de Britney, Jamie Spears, da tutela que controlava a vida e a fortuna da artista, e em seguida acabar com a tutela totalmente. Ele foi bem sucedido em ambos os casos, com a ajuda de dois documentários.

Tudo começou com o documentário “Framing Britney Spears”, dedicado ao movimento #FreeBritney, que gerou até pedidos de desculpas à cantora de várias celebridades. Ele foi seguido por “Controlling Britney Spears”, que trouxe à tona em setembro a situação de vigilância constante da vida de Britney, com escutas em seu quarto e espionagem de suas ligações, sob ordens de seu pai. As revelações foram incluídas na petição de Rosengart, que conseguiu tirar Jamie Spears da tutela poucas semanas depois do filme chegar na plataforma Hulu – e antes da estreia na Globoplay no Brasil.

“Esta situação não é sustentável… Esta situação é tóxica”, disse a juíza Brenda Penny em setembro, ao livrar Britney do controle do pai – com uma citação ao hit “Toxic”! – , mas mantendo um contador responsável pelo controle de seus bens.

Até que na última sexta, Rosengart afirmou que já não havia motivos para manter Britney sob a tutela de terceiros, afirmando que uma “rede de segurança” havia sido criada para ajudar sua transição para uma vida normal.

Quando a juíza concordou, os fãs que se aglomeravam do lado de fora do tribunal explodiram em aplausos e começaram a dançar e cantar o hit “Stronger”.