Billie Eilish lança música-tema de 007: Sem Tempo para Morrer



A cantora Billie Eilish revelou nesta quinta (13/2) em sua página no YouTube a música-tema do filme “007: Sem Tempo para Morrer”.

Ela também “No Time to Die” (título do filme em inglês) com seu habitual parceiro criativo, o irmão Finneas, tornando-se a mais jovem intérprete de temas dos filmes do agente secreto britânico, aos 18 anos de idade.

A música é uma balada melancólica, que segue a tradição dos arranjos orquestrais da série, e se encerra com um acorde icônico do tema do espião James Bond, criado em 1962 por Monty Norman.

Com a gravação, Billie Eilish ingressa num clube bastante exclusivo de artista da franquia, que inclui estrelas como Paul McCartney, Duran Duran, Chris Cornell, Madonna, Tina Turner, Adele, A-ha, Sam Smith, Shirley Bassey, Carly Simon, Alicia Keys & Jack White, entre muitos outros.

Por sinal, ela não será a única artista pop ouvida no filme. O guitarrista Johnny Marr, ex-The Smiths, também trabalha na trilha sonora de “007: Sem Tempo para Morrer” ao lado do compositor Hans Zimmer.



Zimmer assumiu a missão em cima da hora, após um conflito de bastidores levar ao afastamento de Dan Romer, parceiro habitual do diretor do longa, Cary Joji Fukunaga (trabalharam juntos no filme “Beasts of No Nation” e na série “Maniac”).

Conhecido como compositor de grandes épicos, Zimmer trabalha pela primeira vez na trilha de um filme de 007 e contará com o apoio de Marr para cumprir o cronograma apertado de criação e gravação musical. Os dois já trabalharam juntos em três filmes anteriores: “Amor Por Direito” (2015), “O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro” (2014) e “A Origem” (2010).

Com direção de Cary Joji Fukunaga, “007: Sem Tempo para Morrer” será o último filme de James Bond estrelado por Daniel Craig.

A estreia está marcada para 9 de abril no Brasil, um dia depois do lançamento nos Estados Unidos.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings