Divulgação/Marvel

Diretor de “Thor” elogia Christian Bale: Melhor vilão da Marvel

A transformação de Christian Bale em vilão da Marvel parece ter encontrado aprovação total. Em uma entrevista compartilhada por Erik Davis, do Fandango, nas redes sociais, o diretor de “Thor: Amor e Trovão” revelou que o ex-Batman teve “os melhores testes de público entre todos os vilões da Marvel”.

Bale interpreta Gorr, o Carniceiro dos Deuses, que apareceu pela primeira vez nos quadrinhos no começo de 2013, num arco que fez sucesso entre os leitores de Thor.

Gorr cresceu em um planeta estéril sem nome. Quando sua mãe, companheira e filhos morreram, ele passou a acreditar que os deuses não poderiam existir e por causa disso foi banido por sua tribo. Quando descobriu que os deuses realmente existiam, mas não ajudavam os necessitados, ele jurou matar todos eles.

Esta motivação teria sido encarnada com louvor por Bale, que, segundo Chris Hemsworth e Tessa Thompson, presentes na entrevista, é capaz de convencer o público até a torcer um pouquinho por ele.

“(Bale traz) exatamente o que você esperaria. Nuance, complexidade, profundidade, uma certa… estranheza que eu não vi no roteiro”, disse Hemsworth na entrevista. “O fato é que você se pega simpatizando ou fazendo as mesmas perguntas que ele está fazendo, ou considerando ideias que ele apresenta. Não é um vilão do mal padrão.”

“Você torce por ele em alguns momentos”, concorda Thompson.

Para o diretor Taika Waititi, a interpretação de Bale transformou Gorr no “vilão mais simpático que já tivemos”. É neste ponto que o responsável por “Thor: Amor e Trovão” revela: “Foi também o teste mais alto entre todos os vilões da Marvel”.

“É o que Stan Lee falava, certo? Que o seu trauma é o que te torna um super-herói ou um vilão”, explica Thompson. “Só que no caso dos vilões é algo mal resolvido. A sua fonte de dor se manifesta em vilania. E eu acho que ele captura isso muito bem.”

Para enfrentá-lo, Thor (Chris Hemsworth) contará com o apoio de Valquíria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e Jane Foster (Natalie Portman), que ressurge com os poderes do próprio Deus do Trovão.

“Thor: Amor e Trovão” tem lançamento marcado para 7 de julho no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.