Instagram/ABC

Academia tem reunião de emergência sobre Oscar de Will Smith

Os oficiais do conselho de administração da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, incluindo o presidente David Rubin e a CEO Dawn Hudson, decidiram realizar uma reunião virtual de emergência para discutir a agressão de Will Smith em Chris Rock, que ocorreu durante a 94ª edição do Oscar.

A Academia pretende fazer uma revisão completa do incidente em que Smith atingiu o apresentador Chris Rock no rosto depois de uma piada sobre Jada Pinkett Smith, esposa do ator.

Após a reunião vazar na imprensa, a entidade emitiu um breve comunicado.

“A Academia condena as ações do Sr. Smith na cerimônia de ontem à noite. Iniciamos oficialmente uma revisão formal em torno do incidente e exploraremos outras ações e consequências de acordo com nossos Estatutos, Padrões de Conduta e a lei da Califórnia”, diz o texto.

A revista The Hollywood Reporter especula que a análise resultará em alguma sanção para Smith, que pode variar desde a suspensão de sua filiação à Academia até a revogação de seu Oscar de Melhor Ator.

Mas a decisão final pode ter que esperar até a próxima reunião completa do conselho da Academia, já que se trata de uma punição dura. Até lá, o assunto estará mais frio.

A primeira reunião pós-Oscar sempre envolve uma discussão sobre os aspectos positivos e negativos da cerimônia e considerações sobre mudanças necessárias.

Anteriormente, a Academia tinha emitido apenas uma nota genérica de repúdio, publicada no Twitter. O novo comunicado tem tom bem diferente e é bastante específico.