Divulgação/20th Century Studios

Ryan Reynolds revela que “Free Guy” vai ganhar continuação

Ryan Reynolds anunciou no Twitter neste sábado que a Disney já planeja uma sequência de “Free Guy: Assumindo o Controle”, comédia fantasiosa em que ele vive um NPC (personagem não jogável) de videogame.

“Eeee depois de três anos anunciando ‘Free Guy’ como um filme que não era continuação, a Disney confirmou hoje que quer oficialmente uma continuação”, escreveu o ator. “Woo hoo!! Ironia.”

Embora nenhuma informação adicional tenha sido fornecida pelo ator, o 20th Century Studios retuitou a postagem de Reynolds e o diretor Shawn Levy também compartilhou com a palavra: “Yup”, gíria americana que significa “isto mesmo”.

“Free Guy” foi lançado na sexta-feira (13/8) nos cinemas dos EUA, arrancando elogios da crítica, com 81% de aprovação no Rotten Tomatoes, e gerando uma venda razoável de ingressos. A expectativa é que o longa feche o fim de semana na liderança das bilheterias com US$ 26 milhões na América do Norte. O valor é basicamente o que fez “O Esquadrão Suicida” e um pouco mais do que faturou “Cruella” em seus três primeiros dias – filme que também recebeu encomenda de sequência. O detalhe é que, ao contrário destes dois, a comédia de Reynolds foi um lançamento exclusivo dos cinemas, sem concorrência do streaming.

Em “Free Guy”, Reynolds vive um bancário comum chamado Guy (cara, em inglês), que é figurante numa cena de assalto de videogame. Mas com ajuda de uma jogadora, ele acaba se tornando autoconsciente e descobre que sua existência é artificial e criada por um programador de games (Taika Waititi, de “Jojo Rabbit”). A partir daí, passa a ajudar outros figurantes a enfrentar as ameaças do jogo, o que o torna um problema que precisa ser eliminado pelo programador.

O elenco também destaca Joe Keery (“Stranger Things”), Lil Rel Howery (“Corra!”) e Jodie Comer (“Killing Eve”), que vive a heroína responsável por “despertar” Guy e ajudá-lo a superar os perigos causados por sua rebelião.

O filme foi escrito por Matt Lieberman (dos novos longas animados de “A Família Addams” e “Scooby-Doo”) e marca o retorno do diretor Shawn Levy à direção, sete anos após o fracasso de seu último longa, “Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba”. Desde então, ele vinha se concentrando na atividade de produtor, inclusive da série “Stranger Things”.

A estreia de “Free Guy” estava originalmente prevista para julho do ano passado, mas a pandemia de coronavírus atrasou seu lançamento em mais de um ano. O filme vai chegar na próxima sexta (19/8) aos cinemas brasileiros, uma semana depois da estreia nos EUA.