Divulgação/Record

Marcos Mion é contratado pela Globo para apresentar o “Caldeirão”

O apresentador Marcos Mion foi contratado pela rede Globo nesta sexta-feira (6/8) para assumir o horário do antigo “Caldeirão do Huck” em sua programação de sábado.

“Marcos Mion é o novo integrante do time de apresentadores da TV Globo e do Multishow, que aposta em toda sua versatilidade para comandar múltiplas atrações e cocriar produções inéditas”, disse a emissora em comunicado. “Mion apresentará uma nova versão do programa de sábado até dezembro.”

As negociações da Globo com Mion começaram no início do ano, logo após ele ser demitido da Record. O artista era o favorito de J.B. Oliveira, o Boninho, para assumir o revival de “No Limite”, mas na época ainda precisava cumprir aviso prévio com a emissora de Edir Macedo. Por isso – e para sua sorte – ficou fora do programa, que acabou apresentado por Andre Marques.

A frustração com essa negociação levou o ex-apresentador de “A Fazenda” a acertar um contrato com a Netflix em abril para apresentar reality shows e desenvolver documentários. E segundo a “narrativa” de vários sites especializados, isso quase bloqueou sua ida à Globo quando a proposta do “Caldeirão” se materializou. Mion teria que se demitir antes mesmo de iniciar suas atividades na plataforma.

Não há informações sobre como ficou seu acordo com a Netflix, que a Globo encara como concorrente. Mas Mion não escondeu sua predileção pela emissora ao confirmar sua ida para a Globo.

“Entrar para o time da Globo não é apenas um reconhecimento dos meus 22 anos de carreira como comunicador, mas sim o maior sonho da minha vida profissional realizado. Desde a honra indescritível de levar adiante o legado do ‘Caldeirão’ até comandar um formato original e inédito de reality no Multishow, a euforia de finalmente estar na maior organização de entretenimento, criação e jornalismo do nosso país é acachapante! Agradeço com todo coração a todos que torceram tanto para que isso acontecesse”, disse o apresentador em comunicado.

Mion vai levar novos quadros para o “Caldeirão”, incluindo uma versão do “Vale a Pena Ver Direito”, que ele apresentava no “Legendários” sobre a programação da Record. Trata-se de uma necessidade, porque Huck vai levar as principais atrações de seu antigo programa para o “Domingão” – como “Quem Quer Ser Milionário?” e “The Wall”.

A Globo já tinha anunciado, há duas semanas, a estreia de Luciano Huck no “Domingão” em 5 de setembro. Na ocasião, a emissora havia informado que um novo apresentador assumiria o “Caldeirão” em caráter esporádico, até o fim do ano. Mas a estratégia foi alterada após uma avaliação do impacto comercial que um “Caldeirão” desfigurado acarretaria.

A “reestreia” de Mion na Globo, 22 anos após participar do elenco da série “Sandy & Júnior”, vai acontecer em primeira mão no programa “Lady Night”, de Tatá Werneck. A gravação de sua participação está marcada para a próxima semana.

O novo “Caldeirão” do Mion deve ir ao ar em 4 de setembro, um dia antes do “Domingão” do Huck. Em seu comunicado, a Globo indicou que o programa irá ao ar, ao menos no atual formado, apenas até dezembro.

Já o projeto do apresentador no Multishow ainda não teve nenhum detalhe vazado.