Os Novos Mutantes: Continuação traria super-heróis ao Brasil

O diretor Josh Boone revelou que os planos originais da Fox para “Os Novos Mutantes” previam uma sequência passada no Brasil, que teria Antonio Banderas como grande vilão.

A revelação foi feita numa entrevista à revista Entertainment Weekly, em que o cineasta explicou os projetos do estúdio para a realização de uma trilogia, com cada filme abordando um tipo diferente de terror.

Segundo Boone, o primeiro longa terminaria com uma cena-pós créditos, que serviria como gancho para a continuação, em que Antonio Banderas seria introduzido no papel de Emmanuel da Costa, o pai de Roberto da Costa/Mancha Solar (vivido por Henry Zaga).

Com o título de trabalho de “Novos Mutantes: Brasil”, o segundo longa mostraria Emmanuel perseguindo a mãe de Roberto, o que levaria o grupo ao país natal de seu colega. O cineasta ainda citou que haveria uma ligação entre o vilão e o Clube do Inferno, grupo de vilões introduzidos em “X-Men: Primeira Classe”.

O longa incluiria também os novos mutantes Warlock e Karma. Curiosamente, não há menção de Magma, que é a outra heroína brasileira do grupo, nascida numa cidade secreta de descendentes dos antigos romanos na Amazônia. Pois é.

De todo modo, a fusão entre Disney e Fox passou o controle dos personagens para a Marvel Studios, que fará “suas próprias coisas”, na definição do cineasta.

“Ficamos muito para baixo com tudo o que aconteceu. Com a fusão e tudo. Não tinha nada a ver conosco pessoalmente e teve um impacto em todos os filmes da Fox na época”, explicou.

Apesar disso, ele ainda mantém esperança de que a Marvel goste de “Os Novos Mutantes” para que o filme possa virar uma franquia e continuar com novos capítulos. Para isso, ele sabe que a produção vai precisar ter boas bilheterias.

“Esperamos que faça muito dinheiro para que possamos fazer o segundo”, resumiu.

O surto de coronavírus pode atrapalhar ou ajudar esses planos. O principal concorrente do longa teve seu lançamento adiado, devido à pandemia. “Pedro Coelho 2” estrearia no mesmo dia de “Os Novos Mutantes” nos EUA, em 3 de abril, e agora só chegará aos cinemas americanos em agosto. Com isso, os super-heróis ficaram apenas com a companhia da comédia “The Lovebirds” na data.

A estreia está marcada para 2 de abril no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.