Viola Davis vai produzir adaptação de O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues



A atriz Viola Davis (“As Viúvas”) planeja adaptar a peça brasileira “O Beijo no Asfalto”, obra clássica de Nelson Rodrigues, para teatro e tela (cinema, TV ou streaming) nos Estados Unidos.

“Estamos muito empolgados com a parceria com a Productions Wise para trazer à vida a inovadora peça do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, ‘O Beijo no Asfalto'”, escreveu a atriz em seu Twitter.

Viola irá produzir as adaptações por meio da JuVee Productions, da qual é sócia com o marido, Julius Tennon. A produtora parceira, a Wise Entertainment, pertence a Maurício Mota, neto de Nelson Rodrigues.

Escrita por Rodrigues em 1960, para o grupo de teatro de Fernanda Montenegro, “O Beijo no Asfalto” fala de sexualidade, intrigas, falta de ética da imprensa e crise familiar.

A história gira em torno de Arandir, um homem casado, que atende o último desejo de um homem atropelado e beija sua boca. A cena é presenciada por Amado Ribeiro, um jornalista que resolve tirar proveito do episódio. Com o destaque do caso, Arandir se isola, sofrendo com a descrença de todos à sua volta, e se vê compelido a um destino que não consegue modificar.


A peça já ganhou três adaptações no cinema brasileiro: em 1965, dirigida por Flávio Tambellini e estrelada por Reginaldo Faria, em 1981, com direção de Bruno Barreto e o ator Tarcísio Meira, e em 2018, numa versão metalinguista dirigida por Murilo Benício e estrelada por Lázaro Ramos.

A Wise Entertainment e a JuVee Productions estão planejando uma temporada teatral em Los Angeles e na Broadway para a peça e estão em busca de roteiristas e diretores para a adaptação do texto como filme.



blank

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings