Rainhas do Crime registra pior estreia da carreira de Melissa McCarthy



O fracasso da estreia de “Rainhas do Crime” nas bilheterias norte-americanas registrou vários recordes negativos.

O filme arrecadou apenas US$ 5,5 milhões em seu primeiro fim de semana, abrindo em 7º lugar no ranking dos Estados Unidos e Canadá.

O valor representa a pior abertura das carreiras das atrizes Melissa McCarthy e Tiffany Haddish como protagonistas. Já a terceira atriz principal da história, Elisabeth Moss (mais conhecida por “The Handmaid’s Tale”), teve desempenhos piores, porque seus filmes costumam ser lançamentos indies.

O que poucos notaram, porém, é que “Rainhas do Crime” é uma adaptação de quadrinhos da DC Comics – originalmente lançada pelo selo Vertigo. Assim, também entrou para a História como uma das três menores arrecadações de filmes derivados da editora de Batman e Superman. Só não teve começo pior que “Steel – O Homem De Aço” (US$ 0,8M em 1997) e “Jonah Hex” (US$ 5,3M em 2010).

Como se não bastasse, o filme ainda foi massacrado pela crítica, com apenas 20% de aprovação no Rotten Tomatoes – e isto porque melhorou sua avaliação ao longo do fim de semana, após as primeiras críticas destruírem todas as expectativas.



O desastre só não é maior porque “Rainhas do Crime” teve um orçamento modesto, custando apenas US$ 38 milhões de produção. Além disso, quase não investiu em P&A (publicidade e divulgação). Até a véspera do lançamento, a Warner só tinha liberado três fotos de toda a produção – e uma delas era de bastidores.

Considerada pela crítica como uma versão pobre de “As Viúvas”, a trama acompanha três esposas dos chefões da mafia irlandesa na Hell’s Kitchen (daí o título original, “The Kitchen”) de Nova York, durante os anos 1970. Após o FBI prender os líderes da organização, as três assumem o controle dos negócios e acabavam se mostrando mais violentas e perigosas que os maridos.

A adaptação teve roteiro e direção de Andrea Berloff, indicada ao Oscar de Roteiro Original por “Straight Outta Compton” (2015), e que fez sua estreia como diretora à frente das filmagens.

Além do trio de protagonistas, o elenco inclui Domhnall Gleeson (“Star Wars: Os Últimos Jedi”), James Badge Dale (“Homem de Ferro 3”), Margo Martindale (“The Americans”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”), Alicia Coppola (“Shameless”) e o rapper Common (“Selma”).

O filme também estreou neste fim de semana no Brasil.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings