CW renova 10 programas, incluindo Riverdale, Supernatural e todas as séries de super-heróis



A rede CW anunciou nesta quinta-feira (31/1) a renovação de nada menos que 10 séries de sua programação.

A lista inclui todas as atrações de super-heróis da DC Comics produzidas pela WBTV (Warner Bros. Television): “Arrow”, “The Flash”, “Supergirl”, “Legends of Tomorrow” e “Black Lightning” (Raio Negro), além de “Riverdale”, adaptação da Archie Comics que tem o mesmo produtor das outras, Greg Berlanti.

As quatro que completam a lista são a veterana “Supernatural”, que vai para sua 15ª temporada, consolidando-se como uma das séries mais longas da televisão atual, a combalida “Dynasty”, que tem uma das piores audiências da TV americana, e as novatas “Charmed” e “Legacies”, lançadas em 2018.

“Essas séries fornecem uma base sólida para nossa estratégia de programação multiplataforma, e estamos ansiosos para construir isso com ainda mais retornos e novos programas”, disse o presidente da CW, Mark Pedowitz.


É a programação atual quase completa do canal. Com uma significativa exceção: “All American”, que tem quase o mesmo público que “Dynasty”, mas não o contrato internacional que o remake de “Dinastia” fechou com a Netflix.

Com relação a “mais retornos”, Pedowitz se refere a séries que ainda vão estrear suas novas temporadas no verão, em especial a favorita dos fãs “The 100”.

Além de “All American”, que aguarda a oficialização de seu cancelamento, três atrações vão se despedir ao final de suas próximas temporadas na CW: “iZombie”, “Crazy Ex-Girlfriend” e “Jane the Virgin”. A última, porém, deve ganhar um spin-off e manter seu universo no canal.

A CW tem, atualmente, cinco pilotos em desenvolvimento. Além de “Jane the Novela”, há “Batwoman” (sobre a heroína da DC Comics introduzida no crossover “Elseworlds”), “The Lost Boys” (adaptação do filme de vampiros “Os Garotos Perdidos”, de 1987), “Katy Keene” (spin-off de “Riverdale”) e “Nancy Drew” (nova atração da famosa detetive-mirim literária). Clique no título de cada piloto para saber mais sobre cada um desses projetos.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings