Filme de Deadpool para menores ganha trailer divertido com homenagem à Princesa Prometida



A Fox divulgou o primeiro trailer de “Once Upon a Deadpool”, reedição para menores do filme “Deadpool 2” com cenas inéditas. A prévia, claro, é divertida e confirma a participação do ator Fred Savage numa homenagem – assumida no próprio vídeo – ao clássico “Princesa Prometida” (1987), cujo roteirista original faleceu na semana passada.

No filme dos anos 1980, Savage vivia um menino doente, que ouvia um conto de fadas lido por seu avô. No trailer, Deadpool aparece lendo um livro para Savage, que está amarrado em sua cama e só será solto ao final da história. Isso não o impede de participar da brincadeira de metalinguagem, afirmando que prefere os filmes da Marvel. E embora Deadpool garanta que é da Marvel, o ator retruca que ele não é 100% Marvel, já que é licenciado para a Fox, para horror do herói, que precisa se conter para não soltar um palavrão. Afinal, esta é uma versão para menores.

A ideia de ler para Savage a história de “Deadpool 2” partiu do próprio intérprete do protagonista, Ryan Reynolds. Essas cenas teriam sido filmadas em um único dia pela dupla de atores, com roteiro de Rhett Reese, Paul Wernick e direção de Dave Leitch – o time de “Deadpool 2”.


Mas a prévia revela outras sequências inéditas, que exploram, entre outras peculiaridades, como o casal formado por Míssil Adolescente Megassônico (Brianna Hildebrand) e Yukio (Shioli Kutsuna) é fofinho.

“Once Upon a Deadpool” vai ficar em cartaz nos cinemas dos Estados Unidos por um período limitado, entre os dias 12 e 24 de dezembro apenas. E cada ingresso vendido renderá US$ 1 para uma instituição beneficente de luta contra o câncer, chamada F*ck Cancer, que momentaneamente será rebatizada como Fudge Cancer para ganhar divulgação junto do lançamento para menores. Não há previsão para sua exibição no Brasil.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings