Cineasta chinesa vai dirigir o filme da “gangue feminina” da Arlequina

 

A cineasta indie chinesa Cathy Yan foi escolhida pela Warner para dirigir o filme “solo” da vilão Arlequina.

Ela só tem um longa no currículo e ainda por cima inédito no circuito comercial. “Dead Pigs” teve sua première no Festival de Sundance 2018, em janeiro, quando atingiu 100% de aprovação no site Rotten Tomatoes, mas ainda não tem previsão de estreia.

Isto torna a escolha inusitada. E também faz da chinesa a primeira mulher asiática a comandar uma produção de super-heróis.

O longa será estrelado por Margot Robbie, que repetirá o papel que desempenhou em “Esquadrão Suicida” (2016), mas deve incluir outras personagens femininas do universo dos quadrinhos de Batman.

Por enquanto, a produção é chamada de “Untitled Harley Quinn Girl Gang Movie” (“filme sem título da gangue feminina da Arlequina”, em tradução livre). E, segundo fontes do site The Hollywood Reporter, o projeto seria uma espécie de versão feminina do “Esquadrão Suicida”.

A descrição parece um projeto que estava sendo desenvolvido pelo diretor David Ayer (“Esquadrão Suicida”), uma adaptação dos quadrinhos de “Gotham City Sirens”, escritos por Paul Dini, o criador da Arlequina. A publicação juntava as vilãs de Gotham City: Arlequina, Mulher-Gato e Hera Venenosa.

Também especula-se que a trama trará as heroínas conhecidas como Aves de Rapina (Birds of Prey, em inglês), grupo originalmente formado por Barbara Gordon (como Oráculo e Batgirl), Caçadora e Canário Negro, mas que também já incluiu Katana (presente em “Esquadrão Suicida”), além de algumas vilãs.

Recentemente, o estúdio confirmou Christina Hodson (“Paixão Obsessiva”) como roteirista deste filme.

Além de dirigir “Dead Pigs”, Cathy Yan dirigiu vários curtas e, antes disso, foi repórter do Wall Street Journal em Pequim, Hong Kong e Nova York. Ela nasceu na China, foi criada em Hong Kong e Washington, e se formou nas prestigiadas universidades de Princeton, em Nova Jersey, e NYU, em Nova York.

“Dead Pigs” se passa em Xangai, na China, mas inclui em seu elenco a atriz americana Zazie Beetz (do vindouro “Deadpool 2”). O filme venceu um prêmio especial em Sundance justamente pela seleção do elenco.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings