Crossover de How to Get Away with Murder e Scandal tem pouco impacto na audiência


Aguardadíssimo pelos fãs, o crossover das séries “How to Get Away with Murder” e “Scandal” na rede americana ABC não trouxe muitos curiosos para as duas séries. O primeiro encontro entre as personagens vividas por Kerry Washington e Viola Davis na televisão aconteceu na quinta (1/3) e rendeu apenas um aumento modesto de público.

O episódio em que Annalise Keating (Davis) apareceu em “Scandal” trouxe um aumento de 9% na audiência (ou 0,2 pontos na demo) em relação ao episódio anterior da série, enquanto a participação de Olivia Pope (Washington) na trama de “How to Get Away with Murder” rendeu crescimento de 24% (0,3 na demo). Mesmo assim, ambas as séries tiveram menos público que o episódio comum de “Grey’s Anatomy” exibido logo em seguida.

Ao todo, “How to Get Away with Murder” foi visto por 4,1 milhões de telespectadores e “Scandal” por 5 milhões, ambas bem abaixo dos 7 milhões de “Grey’s Anatomy”.



Em termos de comparação, o resultado foi bastante inferior à experiência bem-sucedida da rede CW quando exibiu seus dois crossovers de séries de super-heróis – com recordes de audiência e aumento até de 90% no público de uma das séries envolvidas.

“Scandal” está atualmente em sua 7ª e última temporada, enquanto “How to Get Away with Murder” atravessa sua 4ª temporada. Ambas são exibidas no Brasil pelo canal pago Sony.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings