Roteirista de Carol desenvolve série passada em Cuba

Hollywood está apaixonada por Cuba. O mais novo projeto americano focado no país é a adaptação do livro “Telex From Cuba”, de Rachel Kushner, que vai virar uma série desenvolvida por Phyllis Nagy, roteirista indicada ao Oscar por “Carol”. A informação é do site The Hollywood Reporter.

A trama do livro premiado se passa nos anos 1950, em meio à comunidade americana de Havana na véspera da revolução de Fidel Castro. Seus personagens gozam uma vida de luxo e prazer sem perceber que a pobreza que os circunda está prestes a cobrar seu preço. Nagy vai adaptar o romance e servir como showrunner e produtora executiva.

O projeto ainda não tem canal definido, mas é bancado por empresas grandes, a Paramount Television e a Anonymous Content (produtora dos indicados ao Oscar “O Regresso” e “Spotlight”). As duas companhias se juntaram para produzir projetos ambiciosos e já tem encaminhadas as produções de “The Alienist”, desenvolvida por Cary Fukunaga (série “True Detective”) para o canal pago TNT e “Thirteen Reasons Why”, que vai levar Selena Gomez (“Spring Breakers”) ao Netflix.

Phyllis Nagy, por sua vez, também está envolvida no filme “Middle of Somewhere”, que detalhará uma semana na vida da cantora Dusty Springfield.

Já Cuba está nos planos de filmagem de “Velozes & Furiosos 8”, do drama “Marita”, estrelado por Jennifer Lawrence (“Joy – O Nome do Sucesso”), e da série “House of Lies”.

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.

Back to site top
Change privacy settings