Divulgação/ABC

Revista americana diz que Will Smith não queria pedir desculpas a Chris Rock

A revista americana US Weekly afirmou que o ator Will Smith não queria fazer o vídeo em que pediu desculpas a Chris Rock pelo tapa que deu no comediante na premiação do Oscar.

De acordo com fontes ouvidas pela publicação, ele se recusava a se desculpar, mas foi convencido por sua esposa, Jada-Pinkett. “Jada esteve incentivando Will a se desculpar porque isso se tornou uma sombra em torno do programa dela, ‘Red Table Talk'”, disse um informando, ressaltando que o ator “nunca quis se desculpar publicamente”.
Relacionadas

Apesar da falta de vontade, Will aceitou falar sobre isso, porque o assunto não morreu como ele esperava. “O time dele estava esperançoso de que essa controvérsia iria morrer aos poucos, mas isso não foi o que aconteceu. Seria impossível para ele seguir em frente sem que ele tocasse no assunto”, disse a mesma fonte, de acordo com o veículo americano.

A fonte ainda descreveu que, durante esse tempo de silêncio, o ator esteve “no inferno”.

Will Smith publicou na sexta (29/7) um vídeo de cinco minutos onde respondeu algumas questões pontuais sobre o ocorrido, e pediu desculpas a Chris Rock, à família do comediante e aos indicados ao Oscar de 2022.

A reação do público foi dividida. Muitos não se convenceram da sinceridade do pedido. Até a revista Variety fez um artigo demonstrando os erros básicos de relações públicas cometidos pelo ator, que resultaram num vídeo de tom impessoal, em que ele demonstra dificuldades em demonstrar remorsos e evita se colocar numa posição de humildade.

https://www.instagram.com/reel/CgmVDHXoAw8/?utm_source=ig_embed&ig_rid=3adc745a-6eda-459e-a674-2443bcfa8d65