Divulgação/Globo

Participante de “No Limite” é internado com varíola dos macacos

O participante do reality “No Limite”, Matheus Pires foi internado após ser diagnosticado com varíola dos macacos. A informação foi confirmada pela equipe dele com um comunicado nas redes sociais nesta quinta-feira (7/7).

O quadro de saúde de Pires é estável, mas, por causa da internação, ele não estará presente na grande final do programa, que vai ao ar justamente nesta quinta.

“No início da semana, Matheus começou apresentar alguns sintomas de ‘monkeypox’ (varíola dos macacos) e prontamente fez o exame. Ontem (6/7) foi confirmada a infecção pela varíola, com isso ele precisou ser internado e não vai comparecer à final do programa ‘No Limite’ da TV Globo nessa quinta-feira (7/7) no Rio de Janeiro”, diz o comunicado publicado nas redes sociais.

“Pedimos a todos que mandem energias positivas para que ele se recupere quanto antes e logo possa estar de volta. Por enquanto, ele se encontra estável e assim que puder, vem aqui explicar tudo para vocês”, completa o texto.

Nas últimas horas, os órgãos sanitários brasileiros confirmaram 36 novos casos de varíola dos macacos, um aumento exponencial em relação ao total de 142 casos já registrados da doença viral no Brasil. A maioria dos casos (98) se concentra em São Paulo.

A doença começa com febre, fadiga, dor de cabeça e dores musculares, sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe. A diferença é o aparecimento de lesões cutâneas (na pele), que são chamadas de exantema ou rash cutâneo (manchas vermelhas). Essas lesões aparecem inicialmente na face, espalhando para outras partes do corpo.

A varíola dos macacos não se espalha facilmente entre as pessoas. É necessário contato físico ou muita proximidade para o contágio – seja de um animal infectado (como roedores) ou de outros indivíduos infectados, por meio das secreções ou gotículas do sistema respiratório.

O tempo de incubação é um intervalo entre 5 e 21 dias entre o contato com uma pessoa infectada e o aparecimento do primeiro sintoma.