Divulgação/Esquina Filmes

Novo filme de Julia Murat vai disputar Leopardo de Ouro no Festival de Locarno

Após ausência de dois anos, o Brasil voltará a ter um representante na competição oficial do Festival de Locarno, na Suíça.

O novo filme de Julia Murat (“Pendular”) foi selecionado para disputar o Leopardo de Ouro em um dos festivais mais respeitados do mundo cinematográfico.

Intitulado “Regra 34”, o longa também marca a estreia no cinema da atriz e dramaturga Sol Miranda, idealizadora do premiado espetáculo “Mercedes” (sobre Mercedes Baptista, primeira bailarina negra a dançar no Theatro Municipal).

Na trama, Miranda interpreta uma jovem advogada que treina kung fu com aspirações feministas, ao mesmo tempo em que é apresentada ao universo do BDSM (o sexo com práticas sadomasoquistas) e passa por uma transformação ao enfrentar ranços sexistas.

Embora o título não tenha sido explicado pela produção, a Regra 34 é conhecida na internet como uma referência à pornografia: “Se alguma coisa existe, há também uma versão pornô dela. Sem exceções”.

Em sua última participação em Locarno, o Brasil fez bonito com “A Febre”, de Maya Da-Rin, que venceu o Prêmio da Crítica e rendeu a Regis Myrupu o troféu de Melhor Ator.

O evento deste ano vai acontecer de 3 a 13 de agosto, e o Brasil ainda participa da seção paralela Cineasti Del Presente com “É Noite na América”, primeiro longa de Ana Vaz (do curta premiado “Apiyemiyekî?”).