Divulgação/Disney+

Diretor de “O Paradoxo Cloverfield” fará “Capitão América 4”

A Marvel finalmente definiu o diretor de “Capitão América 4”, filme anunciado há 15 meses. O estúdio fechou com o cineasta nigeriano-americano Julius Onah, que é mais conhecido por ter dirigido a sci-fi “O Paradoxo Cloverfield”, de 2018.

O roteiro está a cargo de Malcolm Spellman, criador de “Falcão e o Soldado Invernal”, em parceria com Dalan Musson, que também trabalhou na série do Disney+.

Não por acaso, a trama de “Capitão América 4” será consequência dos eventos da série, quando o Falcão assumiu o escudo e o título do Capitão América original.

Anthony Mackie vai estrelar o longa, reprisando o papel de Sam Wilson, seu personagem do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), que já foi o Falcão e atualmente é o novo Capitão América.

Até o momento, nenhum outro integrante do elenco foi confirmado. Também não há previsão para o começo das filmagens nem data de estreia.

Onah nasceu em Markurdi, Nigéria, e morou em vários lugares do mundo graças à carreira do pai diplomata, antes de se estabelecer nos EUA. Ele fez mais de 10 curtas entre 2004 e 2012, e seu trabalho de formatura na Escola de Cinema de Universidade de Nova York atraiu Spike Lee como produtor executivo.

Os curtas – e um clipe do DJ Avicii – chamaram a atenção do cineasta JJ Abrams, que o contratou para dirigir “O Paradoxo Cloverfield”. Mas a crítica destruiu a produção, lançada de surpresa na Netflix.

Demonstrando que o fracasso do filme estava mais ligado ao roteiro que a direção, Onah se consagrou em seu filme seguinte, o drama indie “Luce” (2019), que recebeu três indicações ao Spirit Awards (o Oscar do cinema independente), incluindo Melhor Direção.