Divulgação/Amazon Prime Video

Alguém morreu no final de “The Boys”? Criador diz que até Black Noir vai voltar

O final sangrento da 3ª temporada de “The Boys” deixou um saldo de mortos e feridos, que começou a ser revertido ainda antes dos últimos minutos do episódio, disponibilizado na sexta (8/7) na plataforma Prime Video, da Amazon. Os spoilers a seguir são tão violentos quanto a série.

Considerados oficialmente mortos, Soldier Boy (Jensen Ackles) e Maeve (Dominique McElligott) reapareceram vivos, para se despedir da trama principal – provisoriamente, segundo o criador da série Eric Kripke. Já Black Noir (Nathan Mitchell), cujo assassinato nas mãos do Capitão Pátria (Antony Starr) não foi anunciado pela mídia afiliada à Vought, teria sido o único herói realmente morto no último capítulo. Mas vai voltar já na próxima temporada.

Como assim?

Em entrevista ao site americano TVLine, Kripke explicou: “Aqui está o que eu direi para qualquer fã de Black Noir que está de luto por sua morte: um super-herói mascarado completamente silencioso é superfácil de reescalar. E há uma razão para eles [Vought] não terem dito ao público que Noir está morto. Portanto, esta não é a última vez que vimos Noir. Esta é apenas a última vez que vimos dessa versão.”

Ou seja, outra pessoa vai aparecer sob o uniforme de Black Noir na próxima temporada, encobrindo mais uma morte causada pelo Capitão Pátria.

Kripke também falou sobre os outros personagens que tiveram a morte exagerada na mídia da Vought.

“Soldier Boy provavelmente não vai reaparecer em curto prazo. Mas há uma razão muito específica para não matá-lo”, disse Kripke. “A série não vai terminar sem que Soldier Boy apareça novamente. Para que a história vá aonde precisamos que a história vá, às vezes você precisa colocar os personagens no banco por um minuto. Mas só porque eles estão no banco não significa que eles não vão voltar ao jogo”.

Esse minuto no banco reflete o fato de que Jensen Ackles vai participar da próxima temporada de “Big Sky”. Assim que estiver livre, ele pode receber uma ligação de Kripke.

O produtor também pretende trazer Maeve de volta, numa decisão que contraria os quadrinhos em que a série é baseada – a personagem morreu na história impressa.

“Em nenhum momento eu considerei matar Maeve”, disse Kripke. “Nós estávamos intencionalmente construindo um final feliz para ela, por muitas razões. Um, ela merecia. Acredite ou não, ‘The Boys’ é um universo moral, e quando você faz as escolhas certas, você é recompensado, e ela merecia um final feliz com Elena.”

O produtor também estava ciente das implicações que a morte da bissexual Maeve teria no contexto da História da TV, que costuma matar personagens LGBTQIA+. “Eu não ia cair no clichê de matar personagens gays”, disse Kripke, evitando repetir o que séries como “Buffy: A Caça-Vampiros”, “The 100” e até a recente “Killing Eve” fizeram.

“Eu concordo com as críticas e não iria fazer isso também”, continuou. “Mas admito que brincamos um pouco com esse clichê, deixando as pessoas pensarem que ela tinha morrido, mas então revelamos que ela não está morta e terá uma vida agradável e livre de seus poderes com sua namorada.”

A saída de cena de Maeve, ainda que de forma diferente dos quadrinhos, teve uma função dramática específica, explicou Kripke. “Grande parte da história da temporada foi mostrar Annie (Erin Moriarty) finalmente se destacando e emergindo como a heroína que ela precisa ser. Portanto, era hora de sua mentora e protetora ir embora e deixá-la por conta própria”.

Mas visto que Maeve sobreviveu, ela também deve ressurgir mais adiante. “Maeve e [a atriz] Dominique vão definitivamente fazer uma pausa… mas a série não terminará sem vermos Maeve novamente”, completou Kripke.