Divulgação/Conspiração Filmes

Luciano e Globo homenageiam diretor de “2 Filhos de Francisco”

A morte do diretor Breno Silveira, que faleceu na manhã deste sábado (14/5) num set de filmagem em Pernambuco, fez a Globo mudar sua programação. Para homenagear o cineasta, o canal exibirá “2 Filhos de Francisco” (2005), primeiro longa que ele dirigiu e um dos maiores sucessos do cinema brasileiro, no lugar da comédia americana “A Chefa” (2016), prevista anteriormente no Supercine. O horário previsto para a exibição é às 0h20 da madrugada de domingo (15/5).

Fenômeno de bilheteria do cinema brasileiro, “2 Filhos de Francisco” superou a marca de 5 milhões de espectadores na época do lançamento e foi o filme mais visto de 2005. O longa conta a história do início da dupla Zezé Di Camargo & Luciano com enfoque nos esforços de Francisco Camargo (Ângelo Antônio), o lavrador que sonhava em transformar dois dos seus nove filhos em astros da música sertaneja.

Em publicação em seu Instagram, Luciano Camargo recordou a parceria com o cineasta e lamentou sua morte com um texto comovente.

“O poeta cubano José Martí dizia: ‘Há uma coisa que um homem deve fazer na sua vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro’. E o que dizer e sentir quando, além desse triplo legado, você ganha de presente divino um filme? Sim, ter o sonho do seu pai, sua história e da sua família, sob a ótica de um gênio, registrando com maestria cada fase de nossas vidas, com emoções e ações”, escreveu Camargo.

“Esse gênio hoje partiu, com imensurável tristeza, mas deixando o legado de quem fez da arte a sua forma de viver. E se foi num set de filmagem, cenário onde seu olhar transcendeu o seu espaço e tempo, marcando a sua passagem pela Terra. Deus te receba no Céu, querido Breno”, complementou o cantor, ao lado de uma imagem em que aparece com a mãe Helena Camargo e o cineasta.

Silveira morreu ao sofrer um mal súbito durante as filmagens do longa “Dona Vitória”, protagonizado por Fernanda Montenegro e rodado em Limoeiro (PE).

O diretor também realizou os filmes “Era Uma Vez…” (2008), “À Beira do Caminho” (2012), “Gonzaga: De Pai para Filho” (2012) e “Duas Irmãs” (2017), além das séries criminais “1 Contra Todos” (2016-2020) e “Dom” (2021-2022).