Divulgação/Warner Bros.

Série derivada de “Duna” é confirmada com diretor de “Chernobyl”

A HBO Max confirmou a produção de uma série derivada do blockbuster “Duna” e anunciou que Johan Renck, diretor da premiada minissérie “Chernobyl”, vai comandar os primeiros episódios.

Renck também atuará como produtor executivo do programa, intitulado “Dune: The Sisterhood”, junto com o cineasta Denis Villeneuve, responsável pelo longa-metragem premiado com seis Oscars.

Villeneuve deveria dirigir os capítulos iniciais, mas seu trabalho à frente da continuação cinematográfica de “Duna” impediram estes planos.

O projeto foi originalmente anunciado em junho de 2019, muito antes da estreia do filme, e conta com roteiros de Jon Spaihts, que também escreveu o filme.

A produção é um prólogo passado 10 mil anos antes dos eventos do filme e se foca no grupo misterioso de mulheres conhecido como Bene Gesserit, que possuiu habilidades extraordinárias e total controle de sua mente e corpo. Após uma série de maquinações políticas e objetivos misteriosos, as Bene Gesserit são levadas até o planeta Arrakis, chamado por seus habitantes de Duna.

Embora a plataforma não tenha anunciado, a sinopse indica que a série terá uma trama original, apesar do título evocar o livro “The Sisterhood of Dune”, que foi escrito por Brian Herbert, filho mais velho do autor de “Duna” Frank Herbert, em parceria com Kevin J. Anderson.

A atração ainda não tem previsão de estreia, mas “Duna: Parte 2” chega aos cinemas em outubro de 2023.