Divulgação/BBC

Cinco suspeitos são presos após incêndio destruir set de “Peaky Blinders”

O incêndio que destruiu o prédio de Dalton Mills, uma antiga fábrica desativada em West Yorkshire, na Inglaterra, que foi convertida em estúdio para gravações de séries famosas do Reino Unido, foi considerado criminoso pela polícia britânica e cinco pessoas foram presas.

“A polícia está tratando o incêndio em Dalton Mills como criminoso”, disse um porta-voz do departamento policial de West Yorkshire. “Cinco prisões foram feitas e a investigação está em andamento”, completou.

O grande incêndio, que iniciou ao meio-dia de quinta (3/3), exigiu 20 equipes compostas por 100 bombeiros para se combatido.

O local foi a maior fábrica têxtil da Inglaterra, com capacidade para 2 mil trabalhadores em 1869, e atualmente servia de cenário para atrações como “Peaky Blinders” e “Downton Abbey”.

O executivo da Screen Yorkshire, Richard Knight, descreveu o incêndio como “uma triste perda para a paisagem cinematográfica de Yorkshire”. Responsável por administrar o espaço, ele disse à rede BBC que a perda era irreparável. “Era um daqueles locais incríveis que representava uma época por si só. Tinha o tipo de imponência e escala que atraía até cineastas de outros países.”

Imagens do incêndio, publicadas nas redes sociais, mostraram as chamas consumindo todo o prédio. Veja abaixo.