Instagram/The Academy

Oscar 2022 deixará 8 categorias fora da premiação ao vivo

A cerimônia do Oscar 2022 será mais curta que nos anos anteriores. Para assegurar uma transmissão com menos de três horas de duração, uma parte das 23 categorias que disputam o troféu da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA não será premiada ao vivo.

Em uma iniciativa que já está causando tensão entre os membros da Academia – mas que provavelmente será bem recebido pelo público em geral – , a entrega de oito prêmios vai acontecer antes do início da transmissão oficial do Oscar, apenas para os convidados que chegarem com antecedência no Dolby Theatre.

As categorias que não serão premiadas ao vivo são: Melhor Edição, Design de Produção, Trilha Sonora, Som, Maquiagem e Cabelo, Curta, Curta Documental e Curta de Animação.

Os discursos de agradecimento dos vencedores destas categorias serão gravados, editados e apresentados de forma concisa durante a transmissão. O Tony Awards, premiação do teatro americano, já utiliza um modelo semelhante.

A medida ocorre um ano depois que a exibição do Oscar atingiu a menor audiência de sua História, causando considerável tensão entre a Academia e a rede ABC, que detém os direitos exclusivos da cerimônia nos EUA até 2028.

Em carta enviado a seus membros, a Academia destacou que apesar de ser um premiação da indústria cinematográfica, o Oscar também é um programa de TV “e devemos priorizar o público da televisão para aumentar o envolvimento do espectador e manter o programa vital, ágil e relevante”.

“Para ser claro, todos os indicados em TODAS as categorias de prêmios serão identificados no ar e os discursos de aceitação de TODOS os vencedores serão apresentados na transmissão ao vivo. Todos os cineastas e artistas premiados em todas as categorias ainda terão o ‘momento Oscar’ comemorativo que merecem no palco do Dolby, diante de um público extasiado”, segue o texto.

Para que isso aconteça, a Academia explica: “A cerimônia presencial começará uma hora antes no Dolby Theatre para apresentar oito categorias de prêmios antes do início da transmissão ao vivo. Essas apresentações serão editadas por nossas equipes de criação e produção e serão integradas perfeitamente ao programa ao vivo na televisão”.

“Para o público de casa, o fluxo do show não mudará, mas ficará mais conciso e ágil com essa nova cadência, de modo que a transmissão ao vivo possa terminar – sim, com a categoria de Melhor Filme – na marca de três horas”, continua a mensagem.

A Academia ainda pondera que vai avaliar o resultado dessa inovação para decidir se irá continuar procedendo deste modo nos próximos anos: “No futuro, avaliaremos essa mudança e continuaremos procurando maneiras adicionais de tornar nosso evento mais divertido e emocionante para todos os envolvidos, dentro do Dolby Theatre e em casa”.

O texto se encerra com o enaltecimento de todas as categorias e um pedido de compreensão aos membros votantes e eletivos da instituição.

“Cada ramo da Academia e cada categoria de premiação é indispensável para o sucesso de um filme e vital para esta indústria. Nosso desafio e nosso objetivo é criar um show do Oscar empolgante e simplificado, sem sacrificar os fundamentos de longa data de nossa organização. Agradecemos sua compreensão e seremos gratos por seu apoio inabalável”.