Divulgação/Netflix

Filmes: 10 estreias de streaming para o cinema em casa

Sem produções de grande orçamento, ritmo intenso e efeitos visuais mirabolantes, a semana é dominada por lançamentos de filmes dramáticos e especiais animados nas plataformas de streaming.

As principais opções são filmes de festivais europeus. Títulos imperdíveis para os cinéfilos mais exigentes.

Já quem busca uma alternativa mais comercial – e não quer pagar para ver “007: Sem Tempo para Morrer” em VOD – tem que se contentar com um drama imperdoável estrelado por Sandra Bullock, cujo atrativo se resume à participação da estrela num papel diferente daqueles que costuma desempenhar. Só que todos os demais títulos da seleção abaixo são melhores que esse lançamento da Netflix.

Veja abaixo 10 sugestões do que streaming oferece de melhor para assinantes neste fim de semana.

 

 
Imperdoável | Netflix

 

Sandra Bullock (“Gravidade”) é o destaque deste drama, ao trocar seus papéis de mocinha pelo de uma ex-presidiária. Após cumprir pena de 20 anos por homicídio, ela tem dificuldades em se reintegrar a uma sociedade que se recusa a perdoar seu passado. Julgada por quase todos à sua volta, a protagonista se senta sozinha e desamparada, e sua única esperança de redenção é reencontrar a irmã mais nova, de quem foi forçada a se separar ao ser trancafiada na prisão. Só que a menina foi criada sem saber do destino da irmã, e o casal que tem sua guarda, vivido por Vincent D’Onofrio (“Demolidor”) e Viola Davis (“O Esquadrão Suicida”), não está disposto a deixar a criminosa entrar em suas vidas.

Se a história parece conhecida é porque ela é a mesma da minissérie britânica “Unforgiven”, criada por Sally Wainwright (“Happy Valley”) em 2009. E, de fato, parece um telefilme convencional, por mais que o elenco valorize a produção.

 

 
Ida | MUBI

 

A obra-prima de Pawel Pawlikowski (“Guerra Fria”) venceu nada menos que 68 troféus internacionais, incluindo o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira. Filmado em preto e branco, recria a estética do cinema soviético dos anos 1960 para acompanhar a história da personagem-título, uma noviça polonesa que, antes de realizar seus votos e se tornar uma freira, descobre que é, na verdade, judia. Decida a conhecer sua história, a adolescente parte numa jornada em busca da família perdida, descobrindo o legado perturbador do Holocausto e a realidade do comunismo do pós-guerra.

 

 
Verão | Reserva Imovision

 

Drama sobre a geração da perestroika, “Verão” se passa em 1981 na antiga Leningrado (hoje São Petersburgo) e reflete a influência tardia do rock britânico dos anos 1970 no nascimento dos primeiros roqueiros soviéticos. Os personagens são reais. Viktor Tsoi ganhou fama internacional e tornou-se o primeiro grande ídolo russo do rock. Além da música, ele também ficou conhecido pelas polêmicas relacionadas a sua vida pessoal, como o triângulo amoroso que viveu junto com o seu mentor musical, Mike, e a esposa dele, Natasha. Dirigido por Kirill Serebrennikov (“O Estudante”), o filme conquistou 13 prêmios internacionais, entre eles Melhor Trilha Sonora no Festival de Cannes.

 

 
A Batalha de Solferino | Filmica

 

O primeiro e melhor longa de ficção de Justine Triet (“Sibyl”) retoma uma experiência que a diretora tinha abordado em documentário. A trama se passa em 6 de maio de 2012, dia do segundo turno das eleições presidenciais francesas, e combina cenas documentais, improviso e crítica social numa trama de comédia. A protagonista é uma jornalista atrasada para cobrir os eventos na Rue de Solferino, sede do Partido Socialista, que recebe a visita inesperada do ex-marido, um dia atrasado para visitar suas duas filhas. A tensão doméstica se soma ao clima agitado das ruas, rendendo um dos Melhores Filmes de 2013, segundo a revista Cahiers du Cinéma, e até esta sexta (10/12) inédito no Brasil.

 

 
Pororoca | Filmica

 

Vencedor de 12 prêmios internacionais, o drama do romeno Constantin Popescu (“Contos da Era Dourada”) acompanha a dor e o luto de uma família após o desaparecimento da filha pequena num parque. O desempenho desesperado de Bogdan Dumitrache, intérprete do pai, foi agraciado com o troféu de Melhor Ator no Festival de San Sebastián, na Espanha.

 

 
Encounter | Amazon Prime Video

 

Neste suspense psicológico exclusivo do streaming, Riz Ahmed (“O Som do Silêncio”) interpreta um fuzileiro naval condecorado que tenta proteger seus filhos de uma ameaça misteriosa, fugindo com eles na calada da noite. O problema é que o terror que o assombra é resultado de um colapso mental. Em vez de proteger os filhos numa fuga estrada afora, sua atitude é interpretada de forma oposta, com o envolvimento da polícia para detê-lo por colocar as vidas das crianças em risco.

 

 
Listening to Kenny G | HBO Max

 

Apesar de batizada com o nome de uma música dos Beatles, a premiada documentarista Penny Lane (“Salve Satanás”) ainda não tinha abordado o universo musical. Sua estreia no nicho rende um filme instigante, que revê a carreira do instrumentista mais popular da era pop. Indicado especialmente para quem não suporta Kenny G, a obra questiona o que torna o trabalho do artista tão polarizador.

 

 
Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica | HBO Max

 

A animação da Warner presta uma bela homenagem à série clássica do Batman dos anos 1960 com o humor da época e, principalmente, as vozes dos atores Adam West e Burt Ward, que viveram Batman e Robin na TV, entre 1966 e 1968. Além deles, a atriz Julie Newmar também participará do reencontro para dublar a Mulher-Gato. O lançamento aconteceu em 2016 para celebrar os 50 anos da série clássica, que revolucionou a TV com um visual de pop art, apesar da má fama que adquiriu entre os fãs dos quadrinhos por avacalhar os super-heróis. O revival animado fez tanto sucesso que ganhou uma sequência no ano seguinte, “Batman vs. Duas-Caras”, marcando a despedida de Adam West, falecido em 2018, antes que o projeto do terceiro filme fosse realizado.

 

 
The Loud House – Um Natal Muito Loud | Paramount+

 

O especial de Natal da série animada “The Loud House” tem um detalhe realmente “especial”: não é uma animação. O filme mostra pela primeira vez Lincoln e suas dez irmãs de carne e osso. A produção live-action bateu o recorde de audiência do canal pago Nickelodeon em 2021. O que não é pouco, considerando que a série normal “The Loud House” já é o programa infantil mais visto da TV americana.

 

 
Feliz Ano Novo, Lucy! | Apple TV+

 

O especial de Ano Novo inédito dos Peanuts, personagens clássicos dos quadrinhos de Charles M. Schulz, junta-se a outros filmes temáticos e famosos da franquia, como “É a Grande Abóbora, Charlie Brown” (de Halloween), “Charlie Brown e o Dia de Ação de Graças” e “O Natal do Charlie Brown”. A trama encontra a turma do Charlie Brown na véspera do Ano Novo, esforçando-se para compensar um Natal decepcionante da pequena Lucy. E ela irá apreender o segredo de encontrar forças com o maior de todos os perdedores, o eterno derrotado Charlie Brown, que nunca desiste e está sempre pronto para perder de novo.