Divulgação/Netflix

“Profecia do Inferno” se consagra como novo hit sul-coreano da Netflix

A produção sul-coreana “Profecia do Inferno” foi a série mais vista da Netflix na última semana.

O bom desempenho se materializou nesta terça (23/11) na atualização semanal do Top 10 mundial da plataforma. A série lançada na sexta (19/11) entrou no ranking com 43,4 milhões de horas.

Como a audiência registrada é relativa ao período de 15 a 21 de novembro, isto significa que o número representa apenas três dias de exibição da série.

O pouco tempo de disponibilidade foi o suficiente para superar a animação “Arcane”, lançada em três partes, e a 2ª temporada de “A Máfia dos Tigres”. As duas atrações lideraram o ranking das séries faladas em inglês com 38,4 milhões e 30 milhões de horas, respectivamente.

Depois do sucesso de “Round 6”, as produções sul-coreanas tem ganhado mais atenção da plataforma. E “Profecia do Inferno” (Hellbound) tem como chamariz o fato de ter sido criada por Yeon Sang-ho, diretor do filme “Invasão Zumbi” – um dos melhores filmes de zumbis dos últimos tempos.

Adaptação do popular webtoon (quadrinhos digitais sul-coreanos) “Hell” (Jiok), a série acompanha o caos provocado pelo surgimento de seres sobrenaturais, que passam a condenar pessoas ao inferno, enquanto um novo grupo religioso começa a pregar que esses seres são enviados por Deus.

O elenco destaca Ah-in Yoo, astro de outro filme de zumbis, “#Alive” (disponível na Netflix). Todos os seis episódios foram dirigidos por Yeon, que também assina os roteiros em parceria com Choi Gyu-seok, um artista conhecido pelo webtoon “Songgot”, que já rendeu uma adaptação live-action em 2015.

Vale apontar que “Round 6” continua no Top 10 como a 3ª série não falada em inglês mais vista da semana. Por curiosidade, também fazem parte deste ranking duas outras atrações sul-coreanas: as românticas “The King’s Affection” (em 4º lugar) e “Hometown Cha-Cha-Cha” (em 6º).