Instagram/Avril Lavigne

Avril Lavigne volta ao rock em clipe com baterista do Blink-182

Avril Lavigne volta ao rock com o clipe de “Bite Me”. Depois de uma temporada interminável de baladas com piano e arranjos de cordas, a cantora canadense que estourou há duas décadas com a explosiva “Sk8er Boi” volta a pegar guitarra e gritar ao microfone, com disposição renovada para soltar palavrões e agitar dedos ofensivos.

O movimento acontece após ela virar referência da nova geração roqueira e se segue à sua participação no clipe de “GROW”, punk pop de Willow – a filha de Will Smith. Por sinal, tanto “GROW” quanto “Bite Me” compartilham o mesmo baterista: Travis Barker, da banda Blink-182. Ele tem quase tanto destaque quanto Avril no novo vídeo.

Com direção de Hannah Lux Davis, conhecida pelos clipes mais populares de Ariana Grande, a produção visual tem uma historinha, em que Avril e Travis invadem a casa de um ex-namorado infiel da cantora, acompanhados por um bando de fortões para dar uma prensa no folgado. É neste contexto que entram os palavrões e os dedos do meio.

Vale observar que há um faux pas conceitual na produção, em que os figurantes fortões aparecem cobertos de tinta preta. Não fica claro se a ideia é aludir à sujeira de graxa ou se trata de uma black face racista. Há justaposição de referências, já que eles representam capangas violentos, mas também se vestem com tutus sujos de balé.