Instagram/Andrew Lloyd Webber

Filme “Cats” foi tão ruim que criador do musical comprou um cachorro

Parece piada, mas foi isso mesmo. O compositor e produtor musical britânico Andrew Lloyd Webber, criador do espetáculo musical “Cats”, confessou à revista Variety que ficou tão mal com a adaptação cinematográfica de 2019 que decidiu comprar um cachorro depois de vê-la. O filme dirigido por Tom Hooper (“Les Misérables”) foi um dos maiores fracassos comerciais e de crítica de 2019.

“Cats foi errado para além da métrica”, afirmou Webber. “Não houve qualquer compreensão do porquê das músicas funcionarem. Eu vi e pensei: ‘Meu Deus, não’. Foi a primeira vez em meus 70 e poucos anos neste planeta em que eu decidi comprar um cachorro. Então, a coisa boa que saiu disso foi meu filhotinho havanês”, brincou.

O compositor ainda revelou o cachorro foi sua companhia durante o isolamento causado pela pandemia da covid-19 na Inglaterra. Ele se apegou tanto ao animal que o trouxe com ele para Nova York. “Eu escrevi às autoridades alfandegarias dizendo que precisava dele comigo sempre pois sou ferido emocionalmente e preciso do meu cachorro terapêutico”, explicou. “Disse: ‘Vocês viram o que Hollywood fez ao meu musical, ‘Cats’?’, então a aprovação da alfândega veio sem necessidade de receita médica”, acrescentou, zombando novamente da produção.

“Cats” foi o grande vencedor da nada cobiçada categoria de Pior Filme do ano de 2019 no troféu Framboesa de Ouro. Além de Pior Filme, venceu mais cinco prêmios por sua ruindade, incluindo Pior Direção e Roteiro.

Lembre abaixo do trailer oficial legendado.