Instagram/Reid Russell

Assistente de “Rust” admite não ter checado arma que matou diretora de fotografia

Dave Halls, o assistente de direção do filme “Rust”, admitiu à polícia que não conferiu completamente a munição na arma que entregou ao ator Alec Baldwin durante as filmagens, e que acabou matando a diretora de fotografia Halyna Hutchins.

Ninguém foi preso ou acusado pelo incidente, que ocorreu na tarde da última quinta-feira (20/10), no rancho Bonanza Creek, enquanto o protagonista e coprodutor Baldwin ensaiava uma cena. Embora as autoridades não descartem acusações contra o ator, a investigação sugere que a morte foi causada por negligência dos responsáveis pelo armamento usado na produção, que continha munição real.

O xerife do condado, Adan Mendoza, disse que cerca de 500 balas foram coletadas no set. Este total contém “uma mistura de cartuchos vazios, falsos e verdadeiros”. Agora, a investigação buscará “determinar como (essa munição real) entrou no set e por que estava lá, porque não deveria”, explicou Mendoza em entrevista coletiva para a imprensa.

Mendoza ainda ressaltou que é “fundamental uma investigação completa e exaustiva para fazer uma avaliação”, mas já avalia que “houve alguma complacência neste set.

“Muitos outros fatos precisam ser corroborados antes que possamos falar em negligência criminosa”, acrescentou, observando que as investigações ainda estão no começo.

“É um caso muito complexo. Requer muita investigação, análise e revisões. É por isso que minha equipe está aqui”, comentou a promotora Mary Carmack-Altwies, encarregado do caso. “Não sabemos como isso vai acabar até que tenhamos uma investigação completa”.

De acordo com informações divulgadas pelas autoridades, havia três armas no set do western de baixo orçamento “Rust”. A assistente de armas Hannah Gutierrez-Reed disse, numa declaração juramentada entregue aos tribunais nesta quarta-feira (27/10), que no dia do incidente as armas foram guardadas em um cofre durante o almoço, mas as balas não.

Segundo Dave Halls, quando Hannah lhe mostrou a arma no set para o ensaio, ele se lembra de ter visto três balas “falsas”. “Ele admite que deveria tê-las conferido, mas não o fez, e não se lembra se ela girou o tambor”, detalha o boletim de ocorrência, que chegou ao público pela imprensa americana.

Entretanto, ao entregar o revolver a Baldwin, Halls informou ao ator que se tratava de “arma fria” – isto é, sem munição – , indicando que a tinha checado.

Mendoza também disse que investiga rumores de que pessoas praticavam tiro ao alvo no set antes do acidente.