Instagram/Josh Hopkins

Armas de “Rust” eram usadas em tiro ao alvo no set da filmagem

A arma usada no set do filme “Rust”, que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins e feriu o diretor Joel Souza na quinta-feira (22/10), era de tiro esportivo e não cenográfica. E foi usada horas antes para prática de tiro ao alvo por integrantes da produção.

Segundo apurou o site TMZ, membros da equipe davam tiros em latas com o equipamento do filme. Revólveres que deveriam ser usados apenas nas filmagens recebiam balas de verdade para a atividade “recreativa”, e a polícia agora trabalha para descobrir quais eram as pessoas envolvidas no tiro ao alvo e quem foi o responsável por colocar a arma de volta nos materiais de filmagem.

Uma fonte que estava no set e participou de toda a movimentação desde o acidente ainda informou ao TMZ que, quando os policiais apareceram no set, encontraram munição real e balas de festim armazenadas no mesmo local, o que demonstra a falta de segurança do material.

Graças à influência da indústria armamentista na polícia americana, armas de verdade são baratas nos EUA. Por isso, filmes de baixo orçamento como “Rust” acabam utilizando-as em vez de reproduções mais caras. Mas existem protocolos de segurança para impedir que elas sejam carregadas com munição.

Para evitar acidentes, as armas ficam sob controle de um armeiro, pessoa responsável por sua manipulação, distribuição e por toda a segurança dos armamentos, que garante que estejam sempre descarregadas ou carregadas apenas com festim. Além disso, os sets incluem a figura do assistente de direção, que, entre outras funções, tem a missão de garantir a segurança geral da produção, checando o trabalho dos demais profissionais.

Apesar de tudo isso, uma arma carregada de balas de verdade foi dada a Alec Baldwin pelo assistente de “Rust”, que lhe avisou que ela era segura e não continha munição. A arma foi usada durante um ensaio em que o ator demonstrava como iria disparar, originando a tragédia.

Halyna Hutchins foi atingida em cheio no peito, não resistiu aos ferimentos e morreu, enquanto Joel Souza, que estava atrás dela, recebeu uma bala no ombro.

Relatos de integrantes da produção afirma que, antes do tiro fatal, uma arma já tinha disparado acidentalmente no set. Sete pessoas da equipe de operação de câmeras se demitiram alegando falta de segurança horas antes da tragédia.

Enquanto a investigação é aprofundada, denúncias de equipes que trabalharam anteriormente com a armeira Hannah Gutierrez-Reed e o assistente de direção David Halls em produções anteriores têm apontado a falta de profissionalismo dos dois.

Por conta dos relatos que têm surgido, tanto o marido quanto o pai de Halyna Hutchins se pronunciaram publicamente, dizendo que não culpavam Alec Baldwin pela morte dela. Mas querem a verdade e a justiça em relação aos reais culpados.