Divulgação/Nickelodeon

Meus Prêmios Nick divulga indicados e recebe críticas de influenciadores

O canal pago Nickelodeon anunciou a lista dos indicados às 22 categorias da premiação Meus Prêmios Nick deste ano. São várias categorias com nomes em inglês, o que é curioso em se tratando de um prêmio infantil. O que mais chamou atenção, porém, foi a forma como a divulgação foi recebida com protestos de influenciadores.

Apesar do prêmio ser brasileiro, o grupo musical sul-coreano BTS é quem tem o maior número de indicações: 5. E é seguido por Now United e Olivia Rodrigo, empatados em 4 categorias. Os artistas brasileiros aparecem em seguida, com Anitta, Giulia Be, Juliette (do BBB 21), Lagum, Maisa e Manu Gavassi com 3 indicações cada.

A votação é aberta ao público e pode ser feita pelo site oficial, pelo Twitter (com a hashtag do indicado seguida por #MPN) e pelo Instagram (via comentário em qualquer post da @nickelodeonbr com a hashtag do indicado seguida por #MPN). As categorias, os indicados e as hashtags podem ser conferidos no site oficial da premiação (https://www.meuspremiosnick.com.br/).

Entre os protestos que acompanharam a divulgação, o mais ruidoso foi de Lucas Rangel, que usou seu Twitter para reclamar da indicação a Ship do Ano por seu namoro com Lucas Bley e ainda lamentar a premiação.

“Os Meus Prêmios Nick (a pseudo premiação) nunca me colocou em nenhuma categoria anteriormente, e agora que tô namorando quer vir fazer vibe e me colocar em shipper do ano? Me poupe. Não permiti minha imagem, e o Lucas também não permitiu a dele”, escreveu Rangel. “Todos os anos falei como essa premiação é comprada e fake, e continuo com esse pensamento. Dou até amanhã pra tirarem eu e meu namorado do site”, acrescentou.

Lucas acusou a Nick de estar fazendo uso de Pink Money, ou seja, quando a marca se aproveita de uma causa LGBTQIA+ para se promover, sem realmente se engajar. “É muito fácil não enaltecer meu trabalho por anos. Sabendo muito bem da grandiosidade das minhas redes. E querer me aparecer com shipper do ano porque sou um casal LGBTQ. Pink money me usando não amor, vaza”, completou.

O protesto acabou ecoado por outros dois importantes influencers, que comentaram os tuites de Lucas Rangel.

“Prêmio mais constrangedor do Brasil. Participei um ano pra nunca mais”, escreveu Felipe Neto.

“A premiação onde quem divulgar mais vence, me parece muito justo mesmo…”, considerou Felipe Castanhari.