Divulgação/Paramount

“G.I. Joe Origens: Snake Eyes” não vai mais estrear nos cinemas brasileiros

A Paramount não vai mais lançar “G.I. Joe Origens: Snake Eyes” nos cinemas brasileiros.

Com lançamento previsto para quinta-feira (19/8), o filme foi retirado do calendário e já não era divulgado pelo estúdio há duas semanas – exatamente desde 2 de agosto.

A Paramount não informou ainda seus planos para a exibição alternativa. Apesar de ter sua própria plataforma de streaming, o mais provável é que o estúdio opte por distribuição simultânea em vários serviços de VOD para locação digital.

A decisão foi tomada após o fracasso da produção nos cinemas dos EUA. Lançado em 23 de julho, “G.I. Joe Origens: Snake Eyes” fez apenas US$ 27 milhões no mercado doméstico, além de ter amargado críticas muito negativas, com apenas 38% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Apesar do entusiasmo com a escalação de Henry Golding (“Podres de Ricos”) no papel-título e uma história centrada na origem de seu antagonista Storm Shadow (vivido por Andrew Koji, da série “Warrior”), o problema do filme, segundo a crítica internacional, foi a equipe criativa contratada pelo estúdio.

“G.I. Joe Origens: Snake Eyes” foi escrito pelo grego Evan Spiliotopoulos e dirigido pelo alemão Robert Schwentke, que anteriormente tinham enterrado duas franquias, com os fracassos respectivos de “O Caçador e a Rainha do Gelo” e “A Série Divergente: Convergente” em 2016.

Apesar deste histórico, a Paramount acreditava que poderia dar reboot em “G.I. Joe” e retomar a franquia com o filme de “Snake Eyes”. As piores expectativas foram confirmadas e graças à produção cara, na casa dos US$ 100 milhões, o longa resultará num dos maiores prejuízos de Hollywood durante a pandemia.

Veja abaixo o último vídeo divulgado pela Paramount para o lançamento (agora cancelado) nos cinemas.