Divulgação/NBC

FX vai produzir “American Sports Story” e “American Love Story”

O sucesso de “American Horror Story” e “American Crime Story” inspirou o canal pago FX a encomendar mais duas séries similares para os produtores Ryan Murphy, Brad Falchuk, Nina Jacobson e Brad Simpson. Vem aí “American Sports Story” e “American Love Story”.

Os títulos são autoexplicativos. As atrações abordarão, respectivamente uma trajetória esportiva e um romance real diferente em cada um de suas temporadas, aproximando-se mais, portanto, da ideia de “história real” de “American Crime Story”.

Escrito por Stu Zicherman (“The Americans”), a 1ª temporada de “ASS” será baseada no podcast “Gladiador: Aaron Hernandez e Football Inc”, do jornal Boston Globe. A série limitada vai traçar a ascensão e queda de Aaron Hernandez superastro da liga de futebol americano (NFL), que se envolveu em crimes violentos, foi preso e se suicidou, e durante sua autópsia veio à toa que seu comportamento poderia ser resultado de múltiplas pancadas recebidas na cabeça durante a carreira esportiva.

A vida de Herndandez já foi abordada num documentário de “true crime” da Netflix, intitulado “A Mente do Assassino: Aaron Hernandez”.

Já a 1ª temporada de “ALS” vai retratar o namoro e o casamento de John F. Kennedy Jr. e Carolyn Bessette. O que começou como uma bela união para o jovem casal, amplamente considerado como a realeza americana, começou a se desgastar sob o estresse da implacável cobertura sensacionalista dos tabloides. As pressões de suas carreiras e rumores de discórdia familiar terminaram numa morte trágica, quando seu avião particular caiu no oceano em uma noite nebulosa de verão na costa de Massachusetts.

Sim, as duas histórias são tragédias.

“Quando Ryan Murphy veio até nós com esses dois derivados e as histórias para ‘American Sports Story’ e ‘American Love Story’, imediatamente aproveitamos a oportunidade”, disse John Landgraf, presidente da FX, durante participação no evento semestral da TCA (Associação dos Críticos de TV dos EUA). “O que começou com ‘American Horror Story’ gerou alguns dos melhores e mais marcantes programas da nossa geração, mais notavelmente ‘American Crime Story’. Mal podemos esperar para ver o que vem a seguir.”