Instagram/Leonardo Martinelli

Curta brasileiro vence Leopardo de Ouro no Festival de Locarno

O curta brasileiro “Fantasma Neon”, dirigido por Leonardo Martinelli, recebeu o Leopardo de Ouro de melhor curta-metragem internacional neste sábado (14/8), durante a cerimônia de encerramento da 74ª edição do Festival de Locarno, na Suíça. Trata-se de um dos festivais de maior prestígio da Europa.

Sexto curta de Martinelli, “Fantasma Neon” é um musical, rodado no Rio de Janeiro e embalado na moda do Passinho, sobre entregadores de comida durante a pandemia. A trama tem elementos documentais e gira em torno de um ciclista (o estreante Dennis Pinheiro) que, entre entregas de lanches, o sonho de comprar uma moto e o desejo de se aproximar de um colega (Silvero Pereira, de “Bacurau”), é atropelado pela violência social.

“Ainda processando tudo isso”, escreveu Martinelli no Instagram, ao lado de uma foto com o prêmio nas mãos. “Tudo ainda parece um sonho”.

O evento ainda entregou o Leopardo de Ouro de melhor longa para “Vengeance Is Mine, All Others Pay Cash”, do cineasta indonésio Edwin (com apenas um nome, como Madonna), além de homenagear “A New Old Play”, primeiro longa de ficção do chinês Qiu Jiongjiong, com o Prêmio Especial do Júri, e entregar ao americano Abel Ferrara o troféu de Melhor Direção por “Zeros and Ones”.

Veja a premiação de “Fantasma Neon” no vídeo abaixo, que também inclui cenas do filme.