Divulgação/Globo - Paulo Belote

Fernanda Montenegro se candidata à vaga na Academia Brasileira de Letras

A atriz Fernanda Montenegro oficializou sua candidatura para a Academia Brasileira de Letras (ABL). Sua assessoria de imprensa informou que ela já enviou sua carta de inscrição para disputar a cadeira 17, pertencente a Affonso Arinos de Mello Franco, que faleceu em março de 2020.

Além dela, o cantor e compositor Gilberto Gil também confirmou na quinta-feira (5/8) sua candidatura para a ABL. Mas os dois não são necessariamente concorrentes. A instituição perdeu outros três “imortais”, que terão as cadeiras abertas nos próximos dias. São eles o jornalista Murilo Melo Filho, morto em 27 de maio de 2020, o professor Alfredo Bosi, morto em 7 de abril de 2021, e o ex-vice-presidente do Brasil Marco Maciel, falecido em 12 de junho.

Segundo o jornal O Globo, a candidatura de Fernanda Montenegro teria sido um pedido dos próprios acadêmicos, que sonham com sua companhia nos tradicionais chás das quintas-feiras. Um dos maiores nomes do teatro e do cinema do país, ela também tem uma relação forte com a poesia e a ficção, como demonstram suas diversas leituras públicas. Isto facilita muito sua campanha (oficialmente de 60 dias) pela vaga.

A participação de Fernanda e Gil também coincide com uma iniciativa da Academia para abrir suas portas para a cultura popular.