Divulgação/The CW

Chloe Bennet desiste de viver Florzinha na série das “Meninas Superpoderosas”

A atriz Chloe Bennet (a Daisy/Tremor de “Agents of SHIELD”) desistiu de interpretar Florzinha na série live-action de “As Meninas Superpoderosas”. Segundo a revista Variety, “conflitos a forçaram a sair do projeto”.

O estúdio Warner Bros. Television queria estender o contrato com Bennet, enquanto eles trabalhavam na reformulação do projeto, que teve seu piloto original rejeitado pela rede The CW, mas ela encaixou outros projetos na agenda.

A atração tinha gerado muita curiosidade e chegou até a ganhar um pôster, divulgado pela emissora americana, mas não foi aprovada porque o piloto teria ficado “brega demais”, na definição do presidente da CW, Mark Pedowitz. Apesar disso, ele não descartou completamente a produção, encomendando um segundo piloto e uma reformulação geral.

As gravações do segundo piloto ainda não foram marcadas, o que pode levar a novos conflitos de atenda com as atrizes remanescentes: Dove Cameron (“Descendentes”), que viveria Lindinha e a estreante Yana Perrault (do musical da Broadway “Jagged Little Pill”), interprete de Docinho.

Concebida pelas roteiristas Diablo Cody (vencedora do Oscar por “Juno” e autora da vindoura cinebiografia de Madonna) e Heather V. Regnier (“Veronica Mars”, “Sleepy Hollow”) em parceria com o megaprodutor Greg Berlanti (criador do Arroverso), a versão live-action deveria apresentar as Meninas Superpoderosas como jovens de mais de 20 anos de idade, cheias de traumas e ressentimentos por terem perdido a infância para combater o crime. Entretanto, eles precisam superar seus problemas para voltar a se juntar quando um novo perigo ameaça o mundo.