Divulgação/Festival de Cannes

Catherine Deneuve se emociona ao voltar a Cannes após AVC

A atriz Catherine Deneuve, que desfila pelo tapete vermelho de Cannes desde os anos 1960, confessou que nunca ficou tão emocionada por participar o festival quando no sábado passado (10/7). Os motivos são a pandemia de coronavírus, que começa a ser superada, mas principalmente o AVC (acidente vascular cerebral) que ela sofreu em 2019.

A icônica atriz de 77 anos veio promover a première de seu novo filme, “De Son Vivant”, dirigido pela francesa Emmanuelle Bercot, que foi exibido em sessão especial fora da competição principal.

Ao final da projeção, ela foi aplaudida de pé por um longo tempo, o que a comoveu visivelmente.

Desde o começo da pandemia, Deveneuve raramente apareceu em público e havia boatos sobre sequelas de seu derrame. Ela se recuperou longe dos holofotes e se mostrou aliviada por retomar a vida junto com o aparente final da pandemia.

“Foi absolutamente extraordinário”, disse, sobre a recepção do público, durante a entrevista coletiva do filme. “Até o último minuto, estávamos nos perguntando se isso tudo iria realmente acontecer”, continuou.

“Conheço Cannes há muito tempo. Cada vez é algo diferente. Mas acho que talvez nunca tenha ficado tão emocionada como ontem à noite, quando entrei no cinema e vi a forma como o público recebeu o filme e me recebeu”, completou.

Veja abaixo a reação do público e da atriz ao final da projeção de “De Son Vivant” em Cannes.