Divulgação/ABC

“Primo Cruzado” vai ganhar reboot com sexos trocados

A série clássica “Primo Cruzado” (Perfect Strangers), exibida originalmente entre 1986 e 1994, vai ganhar um reboot da HBO Max, que trocará o gênero sexual dos protagonistas.

A versão original, transmitida com sucesso no Brasil pela rede Globo, contava a história de Larry Apleton (Mark Linn-Baker), um morador da cidade grande que é forçado pelas circunstâncias a conviver com um primo distante caipira, Balki Dartokomous (Bronson Pinchot). Por sinal, a parte caipira foi cortesia da dublagem brasileira, que trocou a ascendência grega do primo estrangeiro por um passaporte brasileiro, emitido em Minas Gerais, transformando-o em Zeca Taylor. Sério. E foi justamente os regionalismos mineiros que transformaram a série num grande sucesso nacional.

O reboot vai ser ligeiramente diferente ao juntar duas meia-irmãs, vividas por Robin Thede (“A Black Lady Sketch Show”) e London Hughes (“Netflix Afterparty: O Melhor do Pior Ano”).

A nova versão focará na relação entre Dejay (Thede) e Poppy (Hughes), duas jovens que inesperadamente descobrem ser meias-irmãs quando herdam um apartamento de um quarto, localizado em cima de um estúdio de yoga, no Brooklyn.

Além de estrelar o reboot, Thede também será responsável pelos roteiros e atuará como produtora executiva ao lado de Robert L. Boyett, criador de outro sucesso dos anos 1990, “Dose Dupla” (Two of a Kind), com as gêmeas Olsen.

A nova versão de “Perfect Strangers” (o título original) ainda não tem data de lançamento. Já o serviço de streaming HBO Max chega ao Brasil em duas semanas, no dia 29 de junho.