Divulgação/NBC

Criador de “The Blacklist” abandona a série após saída de Megan Boone

Um dia depois de a atriz Megan Boone sair de “The Blacklist”, o criador da atração anunciou que também está abandonando a série.

Jon Bokenkamp revelou nas redes sociais que não participará da 9ª temporada da produção.

“Foi uma jornada incrível, mas depois de oito anos sinto que é hora de sair da minha zona de conforto e tentar algo novo”, escreveu o produtor-roteirista em um comunicado publicado no Twitter, dizendo que agora vai acompanhar a série apenas como fã.

A decisão veio junto com o final da 8ª temporada, exibida na quarta-feira (23/6) nos EUA, que encerrou a trajetória de Elizabeth Keen, a personagem de Boone, sem resolver o mistério da série: sua relação com Red.

Em “The Blacklist”, James Spader interpreta Raymond “Red” Reddington, um dos fugitivos mais procurados do mundo, que se entrega sem nenhuma explicação. Ele revela que fez uma lista com os piores criminosos do mundo – incluindo alguns que o FBI desconhece – e ajudará as autoridades a pegar todos, com a condição de que a recruta novata Elizabeth Keen se torne sua parceira de trabalho.

Muitos apostavam que Elizabeth seria sua filha perdida, mas embora os produtores tenham brincado com a ideia, o final decepcionante da personagem faz com que a solução para o mistério ficasse sem resposta.

Além de ter criado a série, Bokenkamp foi o showrunner das 8 temporadas exibidas pela rede NBC em parceria com John Eisendrath, que agora comandará sozinho a 9ª temporada, prevista para ser exibida no outono (nossa primavera) dos EUA.

“The Blacklist” é a terceira série mais longeva da NBC, atrás apenas de “Law & Order: SVU” e “Chicago Fire”.