Divulgação/CBS

“Evil” e “SEAL Team” trocam TV pela Paramount+

As séries “Evil” e “SEAL Team” estão deixando a TV convencional para se transformar em atrações de streaming. Originalmente exibidas pela rede CBS nos EUA, elas passarão a ter seus próximos episódios disponibilizados pela plataforma Paramount+.

Com a mudança, “SEAL Team” foi oficialmente renovada para uma 5ª temporada. Já “Evil” teve a confirmação de sua 2ª temporada em setembro de 2019, mas ainda não disponibilizou nenhum episódio inédito desde o fim de sua leva de capítulos inaugurais.

“Nossos estúdio e rede têm um forte histórico de desenvolvimento de dramas de alta qualidade, que atingem sucesso em multiplataformas, e essas séries mostraram essa força”, disse George Cheeks, presidente e CEO do CBS Entertainment Group, no comunicado sobre a mudança. “Esses movimentos marcam outro exemplo de como nosso ecossistema linear e de streaming pode trabalhar estrategicamente em conjunto para maximizar o valor do conteúdo e beneficiar as séries e seus criadores.”

“Estamos entusiasmados em trazer novas temporadas dessas séries fenomenais para a Paramount Plus”, disse Julie McNamara, vice-presidente executiva e chefe de programação do streamer. “Temos um forte histórico de construção de públicos incríveis com essas equipes criativas, incluindo a incomparável ‘The Good Fight’ de Robert e Michelle King [criadores de ‘Evil’], e estamos ansiosos para trazer aos nossos assinantes ainda mais temporadas de séries que eles amam.”

Os planos de transição incluem a exibição de uma parte da 5ª temporada de “SEAL Team” na CBS durante o outono norte-americano (nossa primavera), antes de se tornar uma atração exclusiva da Paramount+. Já a 2ª temporada de “Evil” estreará exclusivamente no streamer.

“Evil” é o novo projeto do casal Robert e Michelle King, criadores de “Good Wife” e seu spin-off “The Good Fight”. A trama acompanha um funcionário da Igreja Católica, encarregado de investigar casos de possessões, que pede ajuda a uma psicóloga forense para distinguir casos reais de surtos psicóticos.

Mike Colter (o “Luke Cage”) vive o homem da Igreja e a atriz holandesa Katja Herbers (a Emily de “Westworld”) interpreta a psicóloga. O elenco também destaca Aasif Mandvi (“The Brink”) como investigador técnico dos fenômenos e Michael Emerson (“Person of Interest”) no papel de Townsend, que se revela um agente do Mal.

Criada por Benjamin Cavell (roteirista de “Justified”), “SEAL Team” tira proveito da popularidade dos Navy Seals, que se tornaram proeminentes nos EUA após a missão que resultou no assassinato de Osama Bin Laden, para contar histórias de uma unidade desta elite militar, um grupo altamente treinado, que é enviado em ações cirúrgicas no combate ao terrorismo internacional. Mas também revela como é o cotidiano desses soldados quando retornam a seus lares.

O elenco destaca David Boreanaz (“Bones”), Max Thierot (série “Bates Motel”), Neil Brown Jr. (“Straight Outta Compton”), AJ Buckley (série “Justified”), Toni Trucks (série “Franklin & Bash”) e Jessica Paré (série “Mad Men”).

Além das duas séries, a estreante “Clarice”, derivada do livro e do filme “O Silêncio dos Inocentes” (1991) também deve se mudar para a plataforma, mas a renovação de sua 2ª temporada ainda não foi confirmada. De acordo com a revista Variety, os acordos ainda estão sendo negociados.