blank Divulgação/XZRDP

Série documental vai investigar morte misteriosa de Brittany Murphy

A WarnerMedia prepara mais uma série documental focada em escândalo de Hollywood. Depois de “Allen v. Farrow” na HBO, o conglomerado vai investigar a morte misteriosa da atriz Brittany Murphy, aos 32 anos, numa atração da HBO Max.

De acordo com comunicado, os produtores da obra prometeram se aprofundar na história da atriz e “ir além das teorias da conspiração e manchetes”, oferecendo um “retrato íntimo e profundo” da estrela que estourou em “As Patricinhas de Beverly Hills” (1995) e estrelou “Garota, Interrompida” (1999), “8 Mile – Rua das ilusões” (2002), “Sin City – A Cidade do Pecado” (2005), “Happy Feet: O Pinguim” (2006) e muitos outros sucessos.

“Elaborar um relato fundamentado das lutas e da morte repentina de Brittany Murphy vem com grande responsabilidade e nos associamos a uma equipe de criação magistral para produzir um exame cuidadoso de uma tragédia que há muito é motivo de especulação”, disse Jennifer O’Connell, vice-presidente executiva de programação familiar de não ficção e live-action da HBO Max.

Originalmente, a morte da atriz em 2009 foi considerada um acidente. O médico legista apontou uma combinação de pneumonia e medicamentos de venda livre que ela havia tomado.

Mas menos de seis meses depois, o marido de Murphy, Simon Monjack, de 40 anos, também morreu na mesma casa em circunstâncias semelhantes.

O documentário é uma produção da Blumhouse, estúdio especializado em filmes de terror, e tem direção de Cynthia Hill (“Private Violence”).

“Eu concordei em fazer este filme porque acho uma pena que a vida e carreira promissoras de Brittany tenham sido eclipsadas pelas circunstâncias de sua morte”, disse Hill. “Acho que é importante celebrar o talento de Brittany enquanto lutamos para explicar as trágicas circunstâncias da morte dela e de Simon.”

Ainda não há título nem previsão para a estreia da atração.