Divulgação/Sony

Continuação de Venom é adiada em três meses

A Sony aditou a data de estreia da continuação de “Venom”.

Previsto para 25 de junho, “Venom: Tempo de Carnificina” vai atrasar três meses e chegar em 17 de setembro nos EUA.

Trata-se do segundo adiamento do filme, que era originalmente esperado no ano passado. O cronograma se tornou impraticável devido ao fechamento da maioria dos cinemas do mundo como medida de contenção da pandemia de coronavírus.

Além de se valer de mais tempo de vacinação contra a covid-19 nos EUA, a nova data também permitirá uma pós-produção mais demorada.

“Venom: Tempo de Carnificina” avisa em seu título que contará com participação do vilão Carnificina (Carnage, em inglês), introduzido na cena pós-créditos do primeiro “Venom”, com interpretação de Woody Harrelson. Fotos do set já revelaram o visual do personagem em sua identidade de Cletus Kasady, antes de sua transformação num simbionte assassino.

A continuação também conta com a volta de Tom Hardy e Michelle Williams aos papéis de Eddie Brock/Venom e sua namorada Anne Weying, e ainda trará a atriz Naomie Harris, indicada ao Oscar por “Moonlight” (2016), como a vilã Shriek.

O filme tem direção de Andy Serkis (“Mogli: Entre Dois Mundos”), que substitui Ruben Fleischer, responsável pelo primeiro longa.