Divulgação/Warner Music

Roqueiros mascarados (supostamente o Green Day) cantam que filha de Trump é nazista

Em sincronia com a reta final da eleição mais tensa dos EUA, a banda de rock mascarada e supostamente anônima The Network retorna de um hiato de 17 anos para agitar os ânimos com um novo clipe, “Ivankkka Is a Nazi”.

Inspirada pela new wave do Devo e o punk pop dos Ramones, a música ataca e exacerba o suposto racismo da filha mais velha de Donald Trump: “Ivanka é nazista, ela está na KKK/ Ela tem uma suástica Gucci e ama o NRA/ Ivanka é nazista, uma supremacia branca/ Ela diz que é kosher, mas sabemos que ela é uma intolerante/ Ela é uma nazista/ Ela é uma fascista, ela é uma nazista”, diz a letra singela da canção.

A banda – que quase todo mundo sabe que é o Green Day com máscaras e perucas – tinha lançado sua última música em 2003 – uma canção intitulada “Money Money 2020”.

Os integrantes do Green Day já disseram que não falarão sobre a Network e suposta banda refutou, brincando, as teorias de que não passa de um disfarce. Em texto publicado em seu canal do YouTube, os músicos dizem que “frequentemente fomos confundidos como a maior banda de rock’n’roll do planeta, Green Day. Esta comparação terrena é quase tão cômica quanto os humanos que habitam este planeta moribundo!”

“Ivankkka Is a Nazi” é a segunda música revelada pela Network desde a semana passada e antecipa um novo álbum, “Money Money 2020 Parte II”, que ainda não tem previsão de lançamento.