Divulgação/Fox

Neil Patrick Harris vai agenciar carreira de Nicolas Cage

O ator Neil Patrick Harris (de “How I Met Your Mother” e “Lemony Snicket: Desventuras em Série”) vai virar um agente de talentos e agenciar a carreira de Nicolas Cage (“Mãe e Pai”). Mas apenas na ficção.

Eles vão contracenar na comédia de ação “Unbearable Weight of Massive Talent” (O Peso Insuportável do Talento Maciço, em tradução literal), em que Nicolas Cage terá o papel mais difícil de sua carreira: viver a si mesmo.

O trabalho, portanto, será todo de Harris, que precisará lidar com um ator insatisfeito criativamente e à beira da ruína financeira.

No filme, o ator fictício (chamado Nicolas Cage) disputa um papel num novo filme de Quentin Tarantino, enquanto tem que lidar com os problemas da filha adolescente. Ele também começa a demonstrar sintomas de esquizofrenia, ao ocasionalmente conversar com uma versão de si mesmo dos anos 1990, que o humilha por fazer muitos filmes ruins e por não ser mais um grande astro.

Com uma montanha de dívidas para pagar, o personagem aceita fazer uma aparição paga na festa de um milionário mexicano, que é um superfã e espera lhe mostrar o roteiro de um filme que gostaria de filmar com o ator. Mas a CIA tem outros planos e contata Cage para que ele investigue o milionário, que na verdade comanda um cartel de drogas responsável pelo sequestro da filha de um candidato à presidência dos EUA. A situação fica ainda mais caótica quando o mexicano traz a filha de Cage e sua ex-mulher para uma reconciliação, e com as vidas de quem ama em risco, Cage decide assumir sua própria lenda, canalizando seus personagens mais icônicos e amados na tela a fim de salvar a si mesmo e seus entes queridos.

Pedro Pascal (o “The Mandalorian”) vai viver o bilionário suspeito e o elenco ainda inclui Tiffany Haddish (“Rainhas do Crime”) e Sharon Horgan (“Castrophe”).

O filme foi escrito por Tom Gormican e Kevin Ettan, criadores da série “Ghosted”. A direção está a cargo de Gormican, que anteriormente também dirigiu a comédia “Namoro ou Liberdade (2014), e a produção será lançada pelo estúdio Lionsgate.