Facebook/Dance Theatre of Harlem

Conspiração prepara série sobre a bailarina Bethania Gomes

A produtora Conspiração Filmes está desenvolvendo “Pas de Deux”, uma série dramática sobre Bethania Gomes, a primeira bailarina brasileira do Harlem Dance Theatre e atual instrutora de dança da instituição nova-iorquina.

A história gira em torno da relação e da vida de Gomes e sua mãe Maria Beatriz Nascimento, uma historiadora que foi precursora do movimento feminista negro do Brasil dos anos 1970 – e que foi morta por intervir numa briga doméstica de uma amiga.

“Pas de Deux” vai tecer as vidas e respectivas lutas de mãe e filha em sociedades distintas, com 20 anos de diferença, mas submetidas ao mesmo racismo. Por conta desse tema, a série deve refletir os movimentos atuais por justiça racial, que foram retomados recentemente nos EUA e se alastraram por todo o mundo.

“O Brasil ainda é muito racista, embora os negros representem cerca de 50% da nossa população”, disse Juliana Capelini, diretora da Conspiração, à revista americana Variety. Ela atua como produtora executiva da série, junto com a diretora internacional da empresa, Ramona Bakker.

Gomes cresceu no Brasil e dançou nos Estados Unidos, França, África do Sul e vários outros países. O plano é filmar a série nesses países. “Esperamos encontrar os parceiros certos em cada território”, disse Bakker.

Ela também dançou com o ícone pop Prince e se apresentou para Nelson Mandela e Bill Clinton.

“Pas de Deux” se encaixa nas ambições globais da Conspiração. “Estamos buscando projetos bilíngues ou trilingues de apelo internacional”, ressaltou Bakker para a Variety, acrescentando que a empresa está desenvolvendo atualmente oito projetos internacionais e já se programa para produzir outros 12.

Entre os vários projetos da produtora estão “Anitta”, série documental em parceria com a Netflix sobre a cantora brasileira, apelidada de Rainha do Funk Carioca, e o thriller de ação “DOM”, uma história de pai e filho tendo como pano de fundo o comércio de cocaína no Rio de Janeiro, desenvolvida para a Amazon.

A Conspiração também se destacou por ser a primeira produtora a abordar a pandemia de covid-19 em um drama médico, em dois episódios especiais de “Sob Pressão”, atualmente sendo exibidos na Globo.